Café: Após três quedas seguidas, Bolsa de NY esboça ganhos nesta 6ª feira e volta ao patamar de US$ 1,30/lb

Publicado em 20/05/2016 13:03
96 exibições

As cotações futuras do café arábica na Bolsa de Nova York (ICE Futures US) operam com alta acima de 100 pontos nesta tarde de sexta-feira (20), após fechar em baixa por três sessões consecutivas. Além dos ajustes técnicos, os preços externos também sentem a pressão do câmbio. O dólar opera abaixo de R$ 3,55 na venda.

Por volta das 12h50, o vencimento julho/16 tinha 125,00 cents/lb e o setembro/16 registrava 126,95 cents/lb, ambos com 105 pontos de avanço. Já o contrato dezembro/16 anotava 130,05 cents/lb com 135 pontos positivos, enquanto o março/17 operava com 132,65 cents/lb e 125 pontos de valorização.

De acordo com o analista de mercado da Maros Corretora, Marcus Magalhães, as cotações do café arábica na ICE operam em alta com recompras de fundos sendo registradas no mercado. Além disso, o câmbio também acaba dando suporte aos preços externos.

Nesta sexta-feira (20), o dólar comercial opera em baixa acompanhando o humor dos mercados globais e repercutindo as intervenções do Banco Central. Às 11h49, a moeda estrangeira perdia 0,74%, a R$ 3,5436 na venda. Com o dólar mais baixo em relação ao real as exportações da commodity brasileira perdem competitividade.

Do lado fundamental, o avanço da colheita e a chegada das primeiras amostras de café no mercado refletem negativamente nos preços. Segundo levantamento divulgado nesta quinta-feira (19) pela Safras & Mercado, a colheita do Brasil está em 10% do total esperado, ou seja, 5,63 milhões de sacas de 60 kg. A consultoria estima a produção de café nesta temporada em 56,4 milhões de sacas.

No Brasil, os produtores estão mais atentos aos trabalhos no campo e não ofertam suas produções pelos atuais patamares. "A colheita avança, mas a liquidez continua restrita nas praças de comercialização", afirma Marcus Magalhães. Na quinta-feira (19), o Indicador CEPEA/ESALQ do arábica tipo 6, bebida dura para melhor, teve a saca de 60 kg cotada a R$ 458,79 com queda de 2,26%.

» Clique e veja as cotações completas de café

Tags:
Por: Jhonatas Simião
Fonte: Notícias Agrícolas

Nenhum comentário