Café: Evento inédito da UFLA fomenta inovação e empreendedorismo no Sul de Minas

Publicado em 09/12/2016 08:51
79 exibições

Promovido pelo Programa Empreende UFLA do Centro de Inteligência em Mercados (CIM) da Universidade Federal de Lavras (UFLA), o encontro entre empreendedores realizado nesta quarta-feira (07/11) no Darce Beer em Lavras (MG), promoveu uma experiência diferenciada de networking entre estudantes, empreendedores e órgãos que atuam com inovação e empreendedorismo no município.

Com formato de happy hour, facilitando e estimulando o ambiente de diálogo entre diferentes pessoas, o meetup reuniu aproximadamente setenta pessoas e contou com a participação do sócio fundador da empresa Techamall S.A, Alain Marques. Economista e investidor anjo pela plataforma Broota Brasil, Alain atualmente trabalha no relacionamento com investidores/corporate ventures e suporte de gestão para startups, e compartilhou suas experiências e dicas para quem deseja se aventurar nesse ambiente. 

“A inovação tecnológica vem através dos empreendedores inovadores, são eles que realmente fomentam a economia nacional, quanto mais a gente conseguir difundir esse conhecimento de inovação tecnológica e quanto mais as pessoas interagirem para formatar novos negócios, a cidade ganha, a região ganha e o país ganha, com desenvolvimento econômico e social, esse movimento é algo muito significativo para a região do sul de minas”, ressaltou Alain. 

Através de um amigo, a estudante do curso de engenharia mecânica da UFLA, Taine Esteves, conheceu o empreendedorismo e vem tentando compreender esse movimento, “durante a minha graduação eu me desmotivei bastante e até hoje não me vejo como profissional, vim participar do meetup para entender como o empreendedorismo pode ser aplicado na minha área”. 

O evento contou com o apoio da Agência de Inovação do Café (InovaCafé), Incubadora de Empresas de Base Tecnológica (Inbatec), Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas de Minas Gerais (Sebrae) e Núcleo de Estudos em Empreendedorismo (Neemp/UFLA).  “Esse foi o ponta pé inicial para a queda de paradigmas, onde a proposta é criar eventos que interajam com toda a comunidade empreendedora e a universidade, buscando criar ideias, desenvolver a interação com as pessoas, fazendo com que seja real o ecossistema empreendedor, algo que já é tão comentando lá fora, e nós precisamos crescer nesse sentido aqui no município”, avaliou o coordenador do CIM e da Inbatec, professor Luiz Gonzaga de Castro Junior. 

A iniciativa inédita chamou a atenção de empreendedores, como no caso do fundador da Arbitrate – startup que trabalha com mediação e conciliação online, que são formas alternativas aos processos judiciais, Rodrigo Porto. Ele ressaltou que nesse tipo de evento ocorrem muitas colisões de ideias e oportunidades de apresentar a startup, “buscamos sempre estar conectados nesse ambiente de startups e empreendedorismo seja em eventos regionais, estaduais ou nacionais”.  

Marcando presença no evento, a Analista do Sebrae e Gestora da Microrregião de Lavras, Glaucya Jerusa, destacou a sua satisfação com a iniciativa, “esse movimento tem que partir realmente dos empreendedores, desse núcleo de pessoas que realmente querem desenvolver os seus negócios, desenvolver novos modelos inovadores. Para nós isso é muito importante pois compartilhamos responsabilidades, o Sebrae sai um pouco do papel de ser o protagonista, do indutor do empreendedorismo e dá espaço para que as pessoas se tornem protagonistas do desenvolvimento local e econômico”.

A analista ainda ressaltou a importância da parceria com a UFLA, “isso é o resultado de um esforço que a gente vem fazendo há cerca de quatro anos, quando começamos a trabalhar com a UFLA. Esse momento que vivemos era um sonho e hoje podemos dizer que o sonho está sendo realizado, devemos continuar trabalhando esse ambiente, fazendo com que as pessoas se comuniquem mais, conversem mais e compartilhem experiências, muitas vezes ficamos só no ambiente formal e esquecemos que nesses ambientes informais é onde estimulamos mais a nossa criatividade, o Empreende UFLA está de parabéns, é fazendo esse tipo de evento que vamos conseguir mudar a cultura dos empreendedores, fazendo com que a comunicação flua mais e deixando um pouco de lado os egos”. 

Para o coordenador do Empreende UFLA e estudante de administração pública da UFLA, Artur Gonçalves, “o ecossistema é feito da relação entre pessoas, vai muito além da institucionalização, precisamos conhecer com quem estamos trabalhando, ter apoio e assim conseguimos ir para frente. Conseguimos reunir o pessoal que desenvolve tecnologias em núcleos de estudos, empreendedores, entidades de apoio, vários atores sociais que estão desenvolvendo esse ecossistema”. 

PRÓXIMOS PASSOS

Trazer eventos que quebram as perspectivas e tiram as pessoas da zona de conforto, eventos não só na área de interação, mas também de formação é o objetivo do Empreende UFLA. “Estamos construindo juntos e planejando a realização do Startup Weekend, um evento mais robusto de vivência empreendora, precisamos continuar desenvolvendo o ecossistema e para isso é preciso começar a executar eventos que vão ajudar as pessoas a terem vontade de empreender, fazendo com que elas executem as suas ideias aqui”. 

Tags:
Fonte:
InovaCafé

0 comentário