Café: Bolsa de Nova York trabalha sem direcionamento nesta manhã de 6ª feira após cinco altas seguidas

Publicado em 06/01/2017 09:45
67 exibições

As cotações futuras do café arábica na Bolsa de Nova York (ICE Futures US) trabalham sem direcionamento definido nesta manhã de sexta-feira (6) após fecharem em alta pela quinta sessão consecutiva na véspera. O mercado avança tecnicamente com a volta do fundos de investimento. Do lado baixista, pesa sobre os preços a atenção dos operadores com as informações sobre o desenvolvimento da próxima safra do Brasil e outras origens produtoras.

Por volta das 09h39, horário de Brasília, o contrato março/17 estava estável, cotado a 143,75 cents/lb, o maio/17 caía 10 pontos e operava a 145,95 cents/lb. Já o vencimento julho/17 anotava 148,20 cents/lb com 10 pontos de desvalorização, enquanto o setembro/17, mais distante, tinha queda de 10 pontos, e estava cotado a 150,25 cents/lb.

"O mercado está dando sequência à recuperação dos últimos dias com a retomada do interesse dos fundos de investimento pelo mercado. Além disso, as cotações também testaram recentemente importantes e isso pode ter ocasionado uma reversão de tendência", explicou ontem (5) o especialista em café da INTL FCStone Brasil, Thiago Ferreira.

No mercado físico, poucos negócios são realizados ainda que o patamar de R$ 500,00 tenha sido retomado puxado pelas recentes valorizações no terminal externo. Por volta das 09h48, o tipo 6 duro era negociado a R$ 500,00 a saca de 60 kg em Espírito Santo do Pinhal (SP) – estável, em Guaxupé (MG) os preços também seguiam estáveis a R$ 491,00 a saca e em Poços de Caldas (MG) estavam a R$ 478,00.

» Clique e veja as cotações completas de café

Veja como fechou o mercado na quinta-feira:

» Café arábica fecha em alta pela quinta sessão seguida em NY e retoma patamar de US$ 1,45/lb

Por: Jhonatas Simião
Fonte: Notícias Agrícolas

0 comentário