Café: Com chuvas, segunda florada do arábica está pronta para abrir nos próximos dias

Publicado em 09/10/2017 08:48 e atualizado em 10/10/2017 10:46
624 exibições

LOGO nalogo

Conforme mostram fotos enviadas por produtores ao Notícias Agrícolas e postadas em redes sociais, a segunda florada do café arábica está pronta para abrir. E isso deve acontecer nos próximos dias, segundo relatos de produtores. (Veja fotos abaixo) Os botões florais já começam a aparecer depois das chuvas registradas nas últimas semanas que beneficiaram praticamente todo o cinturão produtivo do grão no Brasil.

  Florada pronta para abrir em Minas Gerais - Reprodução/Redes Sociais

A primeira florada da safra 2018/19 do grão foi registrada nos primeiros dias de setembro, no entanto, já há dúvidas quanto ao pegamento. As lavouras floresceram por conta das chuvas registradas na época. No entanto, o clima voltou a ficar complicado no cinturão do país. "Tenho 99% de certeza que essa florada não vinga. O clima está muito seco para os cafezais", disse na época o produtor de café Gustavo Emídio de Bom Jesus da Penha (MG).

Analistas internacionais chegaram a apontar nas últimas semanas que a próxima safra do Brasil poderia chegar a 60 milhões de sacas de 60 kg de arábica e também conilon, um recorde, já que será de bienalidade positiva e as condições climáticas eram benéficas. A Conab (Companhia Nacional de Abastecimento) estimou a produção do país neste ano em 44,77 milhões de sacas.

Por: Jhonatas Simião
Fonte: Notícias Agrícolas

1 comentário

  • alexandre maroti nova resende - MG

    A próxima safra ñ chega nem a 50 milhões ,podem marcar o que estou dizendo ,só tem problemas ,com clima ,a florada e boa mas os pes de cafe estão sem estrutura foliar o que é necessário para haver o pegamento das flores ,sendo tb que muitas lavouras foram esqueletadas no intuito de fazer safra zero ,isto ajudara impactar na próxima safra

    3
    • FRANCISCO LOPESCAMBÉ - PR

      Tá enganado homem. O déficit hídrico de anos e meses que os cafezais vem enfrentando e desde 2012, faz com que o pé de café desfolha intensamente, necessitando de muito mais chuva do que a que ocorreu e de forma irregular e minguada no cinturão cafeeiro do Brasil. Infelizmente, novamente vamos ter uma safra menor do que 50 milhões de sacas, o mais certo é pensar em 45 milhões no máximo.

      3