Café: Bolsa de Nova York recua cerca de 100 pts nesta tarde de 6ª feira e estende perdas dos últimos dias

Publicado em 13/07/2018 13:09
66 exibições

LOGO nalogo

Os contratos futuros do café arábica na Bolsa de Nova York (ICE Futures US) operam com queda próxima de 100 pontos nesta tarde de sexta-feira (13) e estendem as perdas registradas nos últimos dias. O mercado externo trabalha do lado vermelho da tabela ainda acompanhando movimentação dos fundos e especuladores e a safra brasileira.

Por volta das 12h52 (horário de Brasília), o contrato setembro/18 registrava queda de 100 pontos, a 110,55 cents/lb, enquanto o dezembro/18 anotava 114,05 cents/lb com recuo de 105 pontos. Já o março/19 caía 100 pontos, a 117,70 cents/lb, enquanto o maio/19 tinha queda de 95 pontos, a 120,20 cents/lb.

Depois de avançar forte na semana passada, o arábica registra nesta sexta a quarta baixa seguida. Segundo reportam agências internacionais, o mercado tem sido pressionado por um movimento vendedor dos fundos e especuladores. Além disso, em menor intensidade, também pesam sobre as cotações informações sobre a safra brasileira.

De acordo com levantamento da consultoria Safras & Mercado, os trabalhos no campo chegaram a 53% até o dia 10 de julho e estão atrasados em relação a média dos últimos cinco anos. Por outro lado, a comercialização da safra está adiantada e já chega a 31%.

Segundo o analista da consultoria, Gil Carlos Barabach, o clima ajudou a colheita a avançar na última semana. "É verdade que continua atrasada em relação ao ano passado e à média para o período, mas isso é justificado pelo começo difícil, frente, especialmente, à maturação atrasada do conilon", apontou.

Em divulgação nesta quinta, o Cecafé (Conselho dos Exportadores de Café do Brasil) informou que os embarques na safra 2017/18 totalizaram 26,83 milhões de sacas de 60 kg, com queda de 8,5% em relação aos 29,33 milhões da temporada anterior. As exportações de conilon subiram fortemente, enquanto que as de arábica recuaram.

No Brasil, no último fechamento, o tipo 6 duro era negociado a R$ 440,00 a saca de 60 kg em Espírito Santo do Pinhal (SP), em Guaxupé (MG) os preços estavam cotados a R$ 463,00 a saca e em Poços de Caldas (MG) estavam valendo R$ 442,00 a saca.

» Clique e veja as cotações completas de café

Por: Jhonatas Simião
Fonte: Notícias Agrícolas

Nenhum comentário