Café: Bolsa de Nova York estende em 50 pts perdas da véspera com rolagens e pressão do câmbio nesta 5ª

Publicado em 09/08/2018 13:02
107 exibições

LOGO nalogo

As cotações futuras do café arábica na Bolsa de Nova York (ICE Futures US) operam com queda próxima de 50 pontos nesta tarde de quinta-feira (09). O mercado externo do grão estende as perdas da véspera ainda em ajustes técnicos com rolagens de posição do vencimento setembro/18 para o dezembro/18 e pressão do câmbio.

Por volta das 12h52 (horário de Brasília), o contrato setembro/18 registrava queda de 50 pontos, a 107,35 cents/lb, enquanto o dezembro/18 anotava 110,40 cents/lb com 60 pontos de recuo. Já o vencimento março/19 caía 65 pontos, valendo 113,65 cents/lb e o maio/19 tinha desvalorização 70 pontos, a 115,90 cents/lb.

Depois do interesse aberto total no mercado ter registrado recorde nos últimos dias, rolagens de posições passaram a ser vistas no terminal externo do arábica. Além disso, o mercado também sente a pressão do câmbio, já que o dólar avança forte nesta tarde de quinta-feira acompanhando o exterior e política local.

Às 11h58, o dólar comercial avançava 0,93%, cotado a R$ 3,8007 na venda, depois de bater R$ 3,8079 na máxima do dia. A moeda estrangeira mais alta tende a encorajar as exportações da commodity, mas em compensação pesa sobre os preços externos do grão. O Brasil é o maior produtor e exportador de café do mundo.

As vendas de café no Brasil chegaram a 38% até o dia 7 de agosto, segundo levantamento da Safras & Mercado, em uma safra projetada em 60,50 milhões de sacas. Segundo o analista da consultoria, Gil Carlos Barabach, a comercialização de café no país seguiu ativa ao longo de julho, primeiro mês da temporada comercial 2018/19.

Leia mais:
» Vendas de café 2018/19 do Brasil evoluem para 38% do total, diz Safras

No Brasil, no último fechamento, o tipo 6 duro era negociado a R$ 420,00 a saca de 60 kg em Espírito Santo do Pinhal (SP), em Guaxupé (MG) os preços estavam cotados a R$ 425,00 a saca e em Poços de Caldas (MG) estavam valendo R$ 421,00 a saca.

» Clique e veja as cotações completas de café

Por: Jhonatas Simião
Fonte: Notícias Agrícolas

Nenhum comentário