Café: De olho no dólar, Bolsa de Nova York tem queda de mais de 100 pts nesta tarde de 5ª feira

Publicado em 13/12/2018 12:35
107 exibições

LOGO nalogo

Os contratos futuros do café arábica na Bolsa de Nova York (ICE Futures US) operam com queda de mais de 100 pontos nesta tarde de quinta-feira (13). O mercado se acomoda tecnicamente a alta da véspera, mas tem forte pressão do câmbio. Com isso, o principal vencimento já se aproxima de US$ 1/lb.

Por volta das 12h24 (horário de Brasília), o vencimento março/19 operava com queda de 115 pontos, a 101,90 cents/lb e o maio/19 anotava 105,05 cents/lb com recuo de 105 pontos. Já o contrato julho/19 perdia 115 pontos, cotado a 107,65 cents/lb e o setembro/19 tinha perdas de 115 pontos, a 110,35 cents/lb.

Sem novidades fundamentais, além das informações de ampla oferta global, o arábica segue bastante influenciado pelo câmbio. Às 11h44, o dólar comercial operava com alta de 0,75%, cotado a R$ 3,881 na venda, em movimento de correção. A divisa mais valorizada tende a encorajar as exportações, mas pesa sobre os preços.

"Caiu muito ontem, não só aqui como lá fora. Mas não duvido que a tendência de queda continue", disse para a agência Reuters o diretor da assessoria de câmbio FB Capital, Fernando Bergallo.

Em menor intensidade, o mercado acompanha os dados de oferta, com divulgações de safra e exportação. Eduardo Carvalhaes, analista do Escritório Carvalhaes, destacou que a divulgação do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) de produção de 59,6 milhões de sacas de 60 kg já estava sendo acompanhada pelos operadores.

De acordo com o analista, no entanto, com a crise climática dos últimos três anos, o Brasil esgotou seus estoques de café, embora haja a safra recorde, reforçada pelos dados do IBGE de ontem. O consumo interno é crescente, bem como as exportações caminham bem - em novembro, foram em torno de 3,7 milhões de sacas exportadas.

No Brasil, no último fechamento, o tipo 6 duro era negociado a R$ 420,00 a saca de 60 kg em Espírito Santo do Pinhal (SP), em Guaxupé (MG) os preços estavam cotados a R$ 428,00 a saca e em Poços de Caldas (MG) estavam valendo R$ 401,00.

» Clique e veja as cotações completas do café

Por: Jhonatas Simião
Fonte: Notícias Agrícolas

0 comentário