Marcas nacionais invadem mercado do café, antes dominado por estrangeiras

Publicado em 31/01/2019 10:16
294 exibições

Há um par de anos o mundo dos coffee geeks, como são chamados os aficionados do café, rodopiava em torno de marcas estrangeiras como Hario, Bodum e Chemex. De 2016 para cá, a espiral de nomes passou a incluir Pressca, Bravo, Aram, Woodskull e Koar, marcas 100% brasileiras de utensílios para extrair café, moer grãos e fazer espuma de leite.

Esses pequenos empreendedores têm uma particularidade: são consumidores de cafés especiais e apaixonados pelas muitas formas de se preparar a bebida. Começaram a desenvolver produtos que eles mesmos queriam utilizar e viram a oportunidade de negócio. O setor de cafés especiais, ainda que um nicho pequeno, é crescente no País.

Leia a notícia na íntegra no Estadão

Tags:
Fonte Estadão

Nenhum comentário