Encoffee dissemina conhecimento para o setor cafeeiro

Publicado em 20/03/2019 18:18
145 exibições
A inovação do segmento produtivo, novos conceitos de gestão e o futuro do mercado mundial do café estão na pauta do evento

O Encoffee – Encontro de Gestão de Cafeicultores, irá reunir grandes produtores de todo o Brasil, no Center Convention de Uberlândia, cidade referência do Triângulo Mineiro. O evento organizado pelo Grupo Conecta, vai ser realizado nos dias 2 e 3 de abril e a expectativa é receber cerca de 250 participantes. Nesses dias, os cafeicultores poderão trocar informações sobre a cadeia produtiva do café, avaliar novos conceitos e ferramentas de gestão, analisar novas práticas e soluções que podem impactar positivamente na atividade, além de conhecer muitas pessoas que vivem a mesma realidade e compartilham dos mesmos interesses. Os painéis focados na excelência da gestão do ‘Agronegócio Café’ contemplam os temas: “Mercado internacional”, “Verticalização - o caminho para aceleração do crescimento”, “Sucessão familiar - o pilar de garantia da perpetuidade”, “Tecnologias digitais - a disrupção no campo” e “Finanças e gestão de risco no café”.

Palestrantes renomados como Carlos Alberto Paulino, presidente da Cooperativa dos Cafeicultores de Guaxupé (Cooxupé); Willian Waack, Jornalista; Luiz Cornacchioni, diretor Executivo da Associação Brasileira do Agronegócio (ABAG); Marcelo Prado, CEO da MPrado Consultoria Empresarial; Professor Dr. Samuel Giordano, da Universidade do Café; José Maria de Oliveira, da Fazenda Marimbondo; Jorge Lucki, Colunista de vinho no Valor Econômico e Comentarista de Vinhos da Rádio CBN; Luciana Martins, diretora da MPrado e Washington Rodrigues, CEO da Ipanema Agrícola já confirmaram presença.

O Grupo Conecta que recentemente movimentou o setor com a realização do Encontro Nacional das Cooperativas Agropecuárias e do Encontro Nacional Top Farmers, firmou parceria com a ABAG, Sociedade Rural Brasileira (SRB), Cooxupé, Centro do Comércio de Café do Estado de Minas Gerais (CCCMG), Associação dos Cafeicultores de Araguari (ACA), Casul, e Conselho Nacional do Café (CNC).

O Brasil é o principal player do mercado internacional do café e gera uma receita de U$ 5 bilhões ao ano com a geração de três milhões de empregos. Em 2018, a produção de café do Brasil totalizou 61,65 milhões de sacas e as exportações somaram 31,52 milhões de sacas com crescimento de 15% no período.

O país é o maior produtor global da commodity e a projeção atual é de aumento de 30% no consumo mundial nos próximos anos. “Para o país se manter na posição de líder desse ranking todo o setor produtivo deve estar alinhado e preparado para promover uma evolução sustentável, elevando a produtividade por área, sem impactar na qualidade dos grãos especiais e conseguindo meios de se tornar cada vez mais competitivo. Por isso, é fundamental que os produtores de café reservem tempo e direcionem esforços no sentido de falar do seu próprio negócio e de buscar conhecimento”, destaca Danilo Bomfim, Diretor do Grupo Conecta.

Tags:
Fonte: Embrapa

1 comentário

  • Carlos Rodrigues -

    O produtor tem que focar se em produzir café de qualidade e não quantidades... o Brasil já não tem espaço para baixar os seus custo de produção .. a menos que o caminho seja voltar ao tempo da escravidão... por isso, aumentar ainda mais a produção é um tiro nos pés ...

    0