Café arábica cai mais e estende perdas na Bolsa de Nova York nesta tarde de 2ª feira

Publicado em 08/04/2019 12:04
177 exibições

LOGO nalogo

As cotações futuras do café arábica operam com queda de cerca de 50 pontos nesta tarde de segunda-feira (08) na Bolsa de Nova York (ICE Futures US). O mercado do grão estende perdas ainda acompanhando as informações sobre a ampla oferta global do grão.

Às 11h59 (horário de Brasília), o vencimento maio/19 operava com queda de 50 pontos, a 92,70 cents/lb e o julho/19 anotava 95,25 cents/lb com 50 pontos de baixa. O setembro/19 registrava 97,75 cents/lb com 45 pontos de desvalorização.

"O mercado ainda está preocupado com grandes estoques, principalmente do Brasil e a baixa demanda. O país teve grande produção na safra atual, mas a próxima deve ser menor, por conta da bienalidade negativa", disse o vice-presidente da Price Futures Group, Jack Scoville.

Ainda segundo o analista internacional de mercado, as ideias dos envolvidos são de que o Brasil terá produção de cerca de 52 milhões de sacas na temporada de bienalidade negativa após colheita na temporada 2018/19 entre 62 ou 63 milhões de sacas de 60 kg.

Por outro lado, a Cooxupé (Cooperativa dos Cafeicultores de Guaxupé), por exemplo, divulgou nesta semana que a safra 2019/20 do país deve ser 15% menor do que a anterior por conta de problemas climáticos, totalizando 7,1 milhões de sacas na sua área de cobertura.

No Brasil, no último fechamento, o tipo 6 duro era negociado a R$ 396,00 a saca de 60 kg em Guaxupé (MG), em Espírito Santo do Pinhal (SP) registravam R$ 380,00 e em Poços de Caldas (MG) estavam valendo R$ 378,00.

» Clique e veja as cotações completas do café

Por: Jhonatas Simião
Fonte: Notícias Agrícolas

Nenhum comentário