Auxílio colombiano a cafeicultores é insuficiente em meio à crise, diz federação

Publicado em 08/04/2019 15:16
111 exibições

LOGO REUTERS

BOGOTÁ (Reuters) – Quase 50 milhões de dólares em auxílio governamental para os cafeicultores da Colômbia não são suficientes para mantê-los à tona em meio à crise de preços global, disse nesta sexta-feira a federação dos produtores do país.

Os preços do café no mercado de Nova York rondaram 1 dólar por libra-peso ou menos até aqui em 2019, e bateram uma nova mínima de 13 anos nesta semana, pelo superávit excessivo no mercado mundial.

A federação de café da Colômbia pediu reiteradamente ajuda aos agricultores, incluindo subsídios, alívio de dívidas e auxílio com custos de fertilizantes.

O governo do presidente Iván Duque prometeu, até aqui, gastar 155,5 bilhões de pesos (49,6 milhões de dólares) em ajuda aos cafeicultores.

A cifra, porém, não é suficiente para auxiliar cerca de 540 mil famílias que sobrevivem através do café, disse em comunicado o conselho de diretores da federação, sem acrescentar qual valor considera o ideal.

“Dada a magnitude da crise causada pela substancial queda nos preços internacionais, os recursos repassados pelo governo são insuficientes”, afirmou o órgão.

“(A federação) continuará a usar todos os meios institucionais para garantir que o governo compreenda e apoie os cafeicultores de forma efetiva em meio a essa situação difícil”, completou.

O Ministério da Agricultura não respondeu de imediato ao pedido por comentários.

(Reportagem de Julia Symmes Cobb)

Tags:
Fonte: Reuters

Nenhum comentário