Pesquisadora fala sobre estudo que analisou trabalho de agricultoras do café

Publicado em 15/04/2019 10:06
86 exibições

Ainda em comemoração ao dia 14 de abril, o Dia Mundial do Café, o programa Natureza Viva entrevistou a administradora pública e pesquisadora do MOBI (Movimento de Mulheres Organizadas em Busca de Igualdade), Mariana Martins, que está escrevendo uma dissertação de mestrado sobre as cafeicultoras que produzem o Café Feminino.

Segundo a pesquisadora, o café se faz presente na vida de todos. Ele é a promoção do desenvolvimento local e da valorização do ser humano em Poço Fundo/MG. 

De acordo com Mariana, na pesquisa, ela buscou a relação da mulher com o trabalho, na agricultura familiar, a partir da questão da subjetividade. Ela trabalhou as considerações e reconfigurações na divisão sexual do trabalho dessas mulheres, além de evidenciar a importância e o destaque que elas têm como grupo.

O programa também conversou com a cafeicultora Daiane Ferreira. Ela falou sobre o diferencial do Café Feminino e ensinou a fazer um café com excelência. 

Segundo Daiane, a água é importante e o Café Feminino é feito com blend, para ficar com um sabor especial.

Tags:
Fonte: EBC

Nenhum comentário