CNC: Workshop do CNC mira redução dos custos de produção do café

Publicado em 22/04/2019 09:41
139 exibições
Com participação das instituições do Consórcio Pesquisa Café, cooperativas e pesquisadores debateram prioridades tecnológicas

Na sexta-feira, 12 de abril, o Conselho Nacional do Café (CNC), como encaminhamento de seu Comitê de Pesquisa, realizou o 1º Workshop Café com Tecnologia, na sede da Embrapa, em Brasília (DF). O evento teve o objetivo de apresentar as tecnologias desenvolvidas pelo Consórcio Pesquisa Café, coordenado pela Embrapa Café, avaliar a possibilidade de parcerias com as cooperativas da entidade e discutir demandas tecnológicas consideradas prioritárias.

O evento foi aberto pela exposição do chefe geral da Embrapa Café, Antônio Fernando Guerra, que fez um relato sobre o cenário da pesquisa cafeeira no Brasil, apresentando os resultados alcançados, como, por exemplo, o aumento da produtividade de oito sacas para 33 sacas por hectare em uma área 500 mil hectares menor destinada à cultura entre os anos de 1997 e 2018.

As entidades que compõem o Consórcio Pesquisa Café também apresentaram os resultados obtidos ao longo dos últimos anos e os projetos que desenvolvem que estão pendentes de avaliação e que também já se encontram disponíveis para transferência aos produtores.

“Tivemos uma aula sobre modernização em café, que permitiu que o Brasil ocupasse seu papel de líder mundial da atividade. A competência de nossos pesquisadores ficou evidente ao abordarem o assunto e, principalmente, ao apresentarem cada conquista obtida por meio dos investimentos feitos em pesquisa, que temos a honra de capitanear junto ao Governo para a liberação de recursos do Funcafé”, comenta o presidente do CNC, Silas Brasileiro.

Com base nas apresentações realizadas pelas entidades que compõem o Consórcio Pesquisa Café, foi promovida a discussão a respeito de demandas tecnológicas consideradas prioritárias para a cafeicultura brasileira, em especial no que se refere ao setor cooperativista, e as formas para viabilizar o atendimento dessas prioridades por parte do Consórcio.

“Foram avaliadas e elencadas as possibilidades de parcerias com nossas cooperativas cafeeiras para validação e transferência das tecnologias. Um grupo foi constituído com representantes cooperativistas e das instituições de pesquisa, o qual será responsável por direcionar os trabalhos, que sempre focarão em atributos positivos de redução de custos, aumento de produtividade e melhoria da qualidade da bebida, tendo como foco prioritário a cafeicultura de montanha do Sul de Minas Gerais, região mais afetada pela queda dos preços em razão do seu elevado custo para o cultivo do café”, revela o diretor conselheiro do CNC, José Marcos Rafael Magalhães, presidente da Minasul.

Além do CNC e de representantes das entidades associadas ao Conselho, como Cooxupé, Minasul, Federação dos Cafeicultores do Cerrado, Cocapec, Assul e Sistema OCB ES, também participaram do Workshop o diretor-executivo de Inovação e Tecnologia da Embrapa, Cleber Oliveira Soares, e pesquisadores das entidades de pesquisa do Consórcio, como Embrapa Café, Epamig, IAC, IAPAR, Incaper, Fundação Procafé, UESB, UFLA e UFV.

Fotos do evento estão disponíveis na página do CNC no Facebook.

As apresentações dos pesquisadores podem ser baixadas CLICANDO AQUI.

Tags:
Fonte: CNC

Nenhum comentário