Café: Mercado volta a subir na Bolsa de Nova York nesta tarde de 6ª e estende ganhos

Publicado em 26/04/2019 12:27
213 exibições

LOGO nalogo

Os contratos futuros do café arábica operam em alta nesta tarde de sexta-feira (26) na Bolsa de Nova York (ICE Futures US). O mercado externo se ajusta após recuar pela manhã, mas também avança estendendo ganhos da véspera com atenção ao câmbio e Brasil.

Por volta das 12h17 (horário de Brasília), o contrato maio/19 subia 160 pontos, cotado a 92,05 cents/lb e o julho/19 avançava 40 pontos, a 93,75 cents/lb. Já os lotes com vencimento para setembro/19 tinham ganhos de 35 pontos, negociados a 96,15 cents/lb.

O câmbio segue como principal fator de suporte aos preços do arábica. Às 12h23, o dólar comercial perdia 0,89%, cotado a R$ 3,921 na venda, acompanhando o exterior. As oscilações cambiais impactam diretamente nas exportações.

"Apesar do número (do PIB) ter vindo bem acima do esperado, tem essa questão do consumo. O consumo é um dos principais itens do PIB dos EUA e ele deu uma desacelerada quando comparado com o quarto trimestre", disse para a Reuters Camila Abdelmalack, economista da CM Capital Markets.

Além do dólar, os futuros do arábica também ganharam suporte da previsão do tempo, que aponta para o retorno das chuvas em áreas produtoras nos próximos dias. Segundo o Barchart, as precipitações acima da média podem atrasar a colheita do arábica.

A colheita da temporada 2019/20 já começou no Brasil para o arábica e robusta. "Apesar do adiantamento das atividades neste ano, o volume da temporada 2018/19 disponível no mercado ainda é significativo, segundo indicam colaboradores do Cepea", informou Cepea (Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada).

No Brasil, no último fechamento, o tipo 6 duro era negociado a R$ 389,00 a saca de 60 kg em Guaxupé (MG) e em Poços de Caldas (MG) estavam valendo R$ 375,00.

» Clique e veja as cotações completas do café

Por: Jhonatas Simião
Fonte: Notícias Agrícolas

Nenhum comentário