CNC: Robusta puxa recuperação e café fecha estável na semana

Publicado em 10/05/2019 16:10
77 exibições
Em retomada técnica, futuros subiram mais de 4% na Bolsa de Londres e zeraram as perdas acumuladas

Os contratos futuros do café subiram ontem e recuperaram as perdas que acumulavam ao longo da semana. As cotações foram puxadas pelo desempenho do mercado de robusta, que avançou mais de 4% na Bolsa de Londres em retomada técnica. Analistas informam, contudo, que não há novidades altistas nos fundamentos.

Na Bolsa de Nova York, o vencimento julho de 2019 do contrato "C" encerrou o pregão de quinta-feira, 9 de maio, a US$ 0,9085 por libra-peso, com alta de 70 pontos. Na ICE Futures Europe, o vencimento julho de 2019 do café robusta permaneceu estável em US$ 1.345 por tonelada.

O dólar comercial acumulou ganho de 0,4% na semana, fechando a R$ 3,9536 ontem, monitorando o cenário de cautela no exterior, devido à tensão comercial entre Estados Unidos e China, e, internamente, tendo no radar a reforma da Previdência.

Em relação ao clima, a Somar Meteorologia informa que segue favorável ao andamento da colheita no cinturão cafeeiro do Brasil. Domingo, porém, o tempo deve mudar em função da chegada de uma frente fria na Região Sudeste.

O Serviço Meteorológico aponta que as primeiras pancadas de chuva ocorrerão pela manhã em São Paulo, ao passo que, nas demais áreas da Região, a partir da tarde. O tempo ficará firme somente entre as faixas norte do Rio de Janeiro e de Minas Gerais, além de áreas do Espírito Santo.

No Brasil, a recuperação das cotações não teve o mesmo ímpeto internacional. Os indicadores calculados pelo Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea) para as variedades arábica e robusta foram cotados a R$ 380,81/saca e a R$ 265,50/saca, com perdas de 0,4% e 1,6%, respectivamente.

Tags:
Fonte: CNC

Nenhum comentário