Produtores do Vale do Café marcam presença no Green Rio 2019

Publicado em 17/05/2019 12:16
70 exibições
Evento pioneiro de plataformas sustentáveis terá produtores da região sul fluminense, que despontam pela produção orgânica de qualidade.

Entre os dias 23 e 25 de maio, a Marina da Glória, no Rio de Janeiro, receberá o Green Rio, plataforma de negócios que reúne expositores, palestrantes e representantes da Economia Verde, dos setores orgânico e sustentável. O evento terá presença da Ministra de Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Tereza Cristina, que irá anunciar o programa Brasil Bioeconomia/Agricultura Familiar e Cooperativismo. Visitantes também poderão conhecer produtores e projetos comprometidos com a sustentabilidade, além de ouvir palestrantes do Brasil e exterior.

Expositora pela segunda vez consecutiva à convite do Sebrae Rio, a Cachaçaria Werneck, de Rio das Flores, RJ, foi a primeira da região a ter o selo orgânico da ABIO. Além da certificação, coleciona prêmios, reconhecimento de todo zelo com que é feita a cachaça de alta qualidade.

A produção da bebida começa na propriedade rural cuja vegetação à margem do Rio das Flores, que corta o sítio, foi recuperada com plantio de mais de 12 diferentes espécies de Mata Atlântica. Utilizando a rotação de culturas, leguminosas para enriquecimento do solo, entre outras técnicas, o sítio Werneck faz total aproveitamento dos resíduos, utilizando o bagaço da cana como combustível e o vinhoto na irrigação e fertilização.

Eli Werneck, proprietário da cachaçaria, enumera as diversas vantagens de se adotar uma produção sustentável e acompanhar todo o processo produtivo: “Cresce a conscientização sobre os malefícios no uso de aditivos químicos na agricultura e também a percepção sobre a responsabilidade social na produção, o que inclui o comércio justo. Participar do Green Rio é fazer parte desse grande movimento, que vai desde a valorização dos produtos certificados a uma relação mais humana no campo”.

O turismo sustentável é um dos lemas da Fazenda Alliança Agroecológica, em Barra do Piraí, certificada pela IBD, que oferece passeio por um circuito original de café do século XIX, que se mantém muito bem preservado. A fazenda também tem passeio pelos cafezais e criação de búfalas orgânicas, com explicação sobre o manejo agroecológico. Tudo é desenvolvido pelos colaboradores da fazenda, que recebem contínuo treinamento sobre o manejo de orgânicos e se aprimoram na arte de receber. 

O grão, que antes ocupava grandes extensões, hoje é uma das culturas que compõe a paisagem formada por frutas e hortaliças, além das búfalas, todas cuidadas manualmente. “Acho que Alliança se encaixa perfeitamente nos objetivos de Green Rio, já que nosso lema é também promover a preservação da biodiversidade associada a uma alimentação natural e saudável”.

Além de experimentar os produtos da Alliança pelas entregas da Horganópolis, a proprietária, a arquiteta Josefina Durini, convida os apreciadores de orgânicos a visitar a sede:  “Será um dia agradável, de muito aprendizado sobre história e ações sustentáveis. Desconhece-se que grande parte dos vegetais pode ser utilizada na gastronomia, por isso, abrimos nosso canteiro para que os visitantes peguem, sintam o cheiro e provem, diretamente da fonte, alimentos variados”. Os itens da horta também aparecem como ingredientes de alguns quitutes servidos ao fim da visita, assim como o queijo de minas orgânico, feito a partir do leite de búfala produzido na fazenda.

Produtores do Vale do Café, RJ, no GREEN RIO

Data: 23, 24 e 25 de maio 2019

Local: Marina da Glória – Rio de Janeiro

Mais informações e inscrição: http://www.greenrio.com.br/index.php/inscricoes/

Tags:
Fonte: Cachaça Werneck

Nenhum comentário