Café: cotações chegam ao maior patamar em oito semanas na bolsa de Nova York

Publicado em 31/03/2010 09:08 e atualizado em 31/03/2010 09:44 380 exibições
Um moderado movimento de compras especulativas nesta terça-feira (30/03) foi suficiente para elevar as cotações do café ao maior patamar em oito semanas ontem na bolsa de Nova York. Não fosse a alta do dólar em relação ao euro, disseram traders consultados pela agência Dow Jones, a valorização do café teria sido maior. Os contratos com vencimento em maio subiram 80 pontos e atingiram US$ 1,3895 por libra-peso, enquanto os papéis para entrega em julho encerraram a sessão negociados a US$ 1,4055, ganho de 95 pontos em relação à véspera. A lembrança de que no Brasil há R$ 2,1 bilhões no Funcafé para financiar o produto foi considerada "altista". No país, o mercado físico para os cafés finos seguiu firme, conforme o Escritório Carvalhaes. A saca de 60,5 ficou entre R$ 280 e R$ 290.
Tags:
Fonte:
Valor Econômico

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário