Café: Preços disparam na bolsa em Nova York e sobem mais de mil pontos.

Publicado em 11/06/2010 10:31 e atualizado em 11/06/2010 16:52 1104 exibições
A calmaria no mercado financeiro registrada nesta quinta-feira e a expectativa de uma produção mundial apertada, divulgada  pela Organização Internacional de Café (OIC) acabou contribuindo para um rally de preços no mercado do café tanto na Bolsa em Nova York, quanto na BM&FBovespa. O relatório da OIC informou que a produção mundial de café em 2009/10 deve alcançar 120,6 milhões de sacas de 60 quilos cada. A estimativa fica abaixo das 122 milhões de sacas previstas em abril e também representa um declínio de 5,9% na comparação anual.

Na BM&F, às 10h52, para o vencimento setembro/10, o mercado marcava US$17100/saca, alta de 5,3%.O vencimento dezembro/10 trabalha com US$ 172,50, avanço de 5,35%.

Na bolsa de Nova York, o contrato para julho/10 trabalha a US$1,477/libra-peso, com alta de 1070 pontos e setembro/10 com avanço de 870 pontos, marcando US$1,472/ libra peso.

Tags:
Fonte:
Redação NA

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

2 comentários

  • Wander Gordiano Guimarães Filho Colatina - ES

    Ah!

    Enfim uma boa notícia aos produtores rurais e pode ser que: os exportadores, repassem um pouco aos cafeicultores e o governo que resolveu apertar os compradores de café em cima da safra, criando um clima negativo, certamente com a intenção de comprar e formar os estoques federais com preços em baixa, dêem uma folga.

    É o nosso governo, imagine se não fosse!!!

    Abraços

    Wander Gordiano/Colatina-ES

    0
  • Fernando Engelbrecht São Paulo - SP

    Até que enfim uma luz no fim do tunel. Ainda esperamos que um marketing eficiente coloque nosso café no seu devido lugar no mercado internacional.

    0