Café: OIC mantém previsão de 133 a 135 mi/scs em 2010/11

Publicado em 16/08/2010 16:27 552 exibições

Exportação mundial cai 6,8% no acumulado da safra 2009/10
A Organização Internacional do Café (OIC) divulgou seu relatório mensal sobre o mercado cafeeiro, referente a julho deste ano, no qual manteve sua estimativa de produção para a safra 2009/10 em 120,045 milhões de sacas de <?xml:namespace prefix = st1 ns = "urn:schemas-microsoft-com:office:smarttags" />60 kg, volume 6,28% inferior às 128,089 milhões colhidas na temporada 2008/09.<?xml:namespace prefix = o ns = "urn:schemas-microsoft-com:office:office" />

 

Para o ano safra 2010/11, Néstor Osorio, diretor-executivo da entidade, também manteve sua estimativa preliminar para uma produção dentro do intervalo de 133 milhões a 135 milhões de sacas. “Como este é um ano de safra alta produção no ciclo bienal que caracteriza as lavouras da variedade arábica no Brasil, prevê-se que a safra brasileira deverá aumentar para cerca de 47 milhões de sacas”, destacou.

 

Segundo ele, a produção colombiana deve se recuperar depois de dois anos consecutivos de quebra. “Em julho de 2010, certamente houve uma melhoria em relação ao nível de julho de 2009, mas ainda é um nível de produção relativamente baixo mensal”, pondera.

 

No que se refere ao Vietnã, o diretor-executivo da OIC anota que as condições climáticas adversas podem afetar as perspectivas de elevada produção na temporada 2010/11.

 

 

Segundo dados do relatório mensal da Organização Internacional do Café (OIC) sobre o mercado cafeeiro, as exportações mundiais totalizaram 7,8 milhões de sacas de 60 kg em junho de 2010, o que elevou o volume embarcado, nos nove primeiros meses do ano safra 2009/10, para 69,754 milhões de sacas. Na comparação com as remessas registradas no acumulado do mesmo período do ciclo 2008/09 (74,866 milhões de sacas), o montante atual representou queda de 6,83%.

 

Os números do relatório da Organização revelaram, ainda, que, com exceção do grupo de cafés Outros Suaves, todos os demais apresentaram queda nas exportações. “Os embarques dos cafés Arábica e Robusta, no acumulado dos nove primeiros meses da safra 2009/10, aferem queda de 5,7% e 8,9%, respectivamente”, revelou Néstor Osorio, diretor-executivo da OIC.

 

De acordo com ele, as exportações mundiais desde setembro de 2009 foram consistentemente menores em relação ao ritmo estabelecido nos últimos dois anos cafeeiros, “levando a uma redução nos estoques remanescentes nos países importadores, a fim de atender à demanda”.

 

Exportações de café no acumulado da safra 2009/2010

GRUPOS

Out/08-Jun/09

Out/09-Jun/10

Variação (%)

Colombianos Suaves

8.285

6.330

-23,60

Outros Suaves

16.351

16.712

2,21

Brasileiros Naturais

23.628

22.477

-4,87

Arábicas - subtotal

48.264

45.519

-5,69

Robustas

26.602

24.235

-8,90

TOTAL

74.866

69.754

-6,83

Fonte: OIC / Elaboração: P1 Agência de Notícias

Tags:
Fonte:
OIC

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário