Comercialização positiva de café é destaque na safra 2009/2010

Publicado em 09/09/2010 15:35
473 exibições
Com preços mais elevados no mercado, exportações podem ter aumento de até US$ 1,5 bilhão.
A safra de café apresenta este ano melhor qualidade, com ganho de produtividade e preços mais rentáveis para o agricultor. A avaliação é do diretor do Departamento de Café do Ministério da Agricultura, Robério Silva. Ele anunciou, nesta quinta-feira, 9 de setembro, a terceira estimativa para o ciclo 2009/2010 do grão. A boa comercialização tem sido o grande diferencial, na visão do diretor.  Os produtores têm colocado o café no mercado de maneira mais dosada, com preços mais elevados do que a última safra, disse.

A estimativa é que o ganho com a exportação do produto chegue a US$ 6 bilhões em 2010, se forem mantidas as condições atuais de mercado. No ano passado, o valor arrecadado com os embarques foi de US$ 5 bilhões. Segundo o diretor do Café, esse aumento será sentido diretamente pelo produtor, que pode embolsar, em média, U$ 50 por saca.  Como no Brasil os preços pagos se aproximam muito dos negociados no mercado internacional, o produtor brasileiro está se apropriando desse grande aumento que ocorreu no mercado internacional, afirmou.

Dados da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) apontam produção de 47,2 milhões de sacas de 60 quilos de café beneficiado no Brasil. O número é 19,6% superior às 39,5 milhões de sacas do ano passado. A área diminuiu 10 mil hectares (- 0,5%), saindo de 2,09 milhões de hectares, no ciclo passado, para 2,08 milhões.
Tags:
Fonte: Mapa

Nenhum comentário