Alta na cotação do café anima os produtores do grão brasileiros

Publicado em 10/03/2011 08:02 600 exibições
Desde o começo do ano, o preço do produto subiu 22% no mercado externo. Já no Brasil a saca do café tipo 6, bebida dura, está valendo R$ 540.
O preço do café registrou alta na quarta-feira (09) no mercado internacional. Na bolsa de Nova York, houve valorização de 2,7% no dia. Desde o começo do ano, a cotação do grão já subiu 22%. No Brasil, quem tem café para vender está satisfeito.

A saca do café tipo 6, bebida dura, fechou a R$ 540. Desde o ano passado, o preço do produto está aumentando.

“Dentre vários motivos que estão causando a alta no café podemos destacar dois mais importantes: o aumento do consumo e o baixo estoque nos países produtores, principalmente do café arábica. Eu acho que o produtor tem de vender à medida que ele precise, fazendo uma média boa. Nós estamos atingindo níveis de preços históricos. A próxima safra deverá entrar nos próximos dias 60. Eu acredito que o mercado deva continuar firme uma vez que o mercado está aquecido. Devemos chegar em 2020 por volta de 160 milhões de sacas de consumo. A produção do arábica está muito justa com a demanda”, explicou Archimedes Coli Neto, presidente do Centro do Comércio do Café de Varginha.

Tags:
Fonte:
Globo Rural

0 comentário