CECAFÉ: Receita com exportações de café de 2011 rende US$ 7 bilhões

Publicado em 08/11/2011 13:58 359 exibições
A receita com as exportações de café dos primeiros dez meses do ano é 61% superior a registrada no período imediatamente anterior e atingiu US$ 7,017 bilhões,  com o embarque de 27.357.020 sacas. Os dados são do Balanço das Exportações divulgado hoje pelo CeCafé (Conselho dos Exportadores de Café do Brasil).

As exportações de café apresentaram em outubro de 2011 uma das maiores receitas já registradas para o mês, chegando a US$ 870,988 milhões. O crescimento foi de 32,8 % em relação ao mesmo período de 2010, quando o resultado registrado atingiu US$ 655,678 milhões.

De acordo com o relatório, o volume exportado (3.088.737 sacas entre verde, torrado & moído e solúvel) apresentou uma queda de 11% em outubro deste ano quando comparado ao mesmo mês de 2010, quando foram exportadas 3.490.548 sacas. Apesar da queda do volume total exportado, impulsionada pela redução nos embarques de café solúvel e arábica, as exportações de robusta/conillon tiveram alta de 102% quando comparamos este mesmo período, 232.572 sacas exportadas em outubro de 2011 versus 114.957 sacas exportadas em outubro de 2010.

 

Guilherme Braga, diretor-geral do CeCafé, ressalta ainda que “embora a safra 2011/2012 seja menor que a safra anterior, por conta da bianualidade,  seus quatro primeiros meses apresentaram um volume exportado compatível ao do mesmo período da safra 2010/2011, 10.995.609 sacas contra 12.047.268 sacas, exibindo ,uma diferença em torno de -9%” .

Segundo o Balanço das Exportações, do café exportado em outubro de 2011, 85% foi da qualidade arábica, 8% de solúvel e 7% de robusta.

Considerando os meses de janeiro a outubro de 2011, os dados do relatório apontam que os principais mercados importadores de café do Brasil foram: Europa, com 53% do total, seguida pela América do Norte, com 24%; Ásia, com 17% e América do Sul, com 3%. Os Estados Unidos lideram a lista dos países que mais importaram café do Brasil nesse período com 21% do total exportado (5.801.002 sacas). Em seguida está a Alemanha, com 19% (5.184.719 sacas importadas); Itália, com 8% (2.290.166 sacas), e Japão, com 8% (2.056.502 sacas). A Bélgica ficou em quinto lugar, com 7% do total (1.930.713 sacas).

Os embarques no ano de 2011 até o mês de outubro foram feitos principalmente pelo porto de Santos, responsável pelo embarque de 76.7% do total exportado (20.989.504 sacas) pelo porto de Vitória, de onde foram escoados 15,2% do total (4.147.054 sacas) e pelo porto do Rio de Janeiro, por onde saíram 6% do total (1.652.125 sacas).

Tags:
Fonte:
Cecafé

0 comentário