Entrave argentino à carne suína brasileira está próximo do fim

Publicado em 19/03/2012 09:10 335 exibições
A suspensão, por parte do governo argentino, das restrições às importações da carne suína brasileira foi o principal assunto discutido durante o encontro entre os ministros da agricultura Mendes Ribeiro Filho (Brasil) e Norberto Yahuar (Argentina).  A reunião ocorreu nesta sexta-feira na sede do Ministério da Agricultura,Pecuária e Pesca da Argentina, em Buenos Aires.

Yahuar propôs o estabelecimento de uma cota média para a importação do produto brasileiro, baseada no histórico das trocas comerciais entre os dois países. Em relação especificamente à carne suína, essa média seria fixada em três mil toneladas/mês. O ministro argentino explicou que essa medida evitaria a incidência de “picos” de importação, que prejudicam a economia do país. Norberto Yahuar disse, ainda, que esse acordo em torno de cotas despreocuparia a indústria de embutidos e reduziria a pressão inflacionária.

Mendes Ribeiro Filho ficou satisfeito com o entendimento, mas lembrou de outros setores que necessitam de mais atenção, como o do arroz e do trigo. “Ficamos de definir uma pauta de trabalho conjunta, na qual iremos discutir a regularização da entrada de arroz e trigo no Brasil”, relatou.

Para o ministro brasileiro, o encontro foi extremamente positivo e acima das expectativas. “Com essa visita, abrimos um canal de diálogo muito importante com o governo argentino. Acredito que, a partir de agora, as questões se resolverão com mais rapidez”, destacou.

Na ocasião, o representante do governo brasileiro lembrou do histórico positivo de relações entre os dois países e da necessidade do estreitamento de relações. Para tanto, ambos os governos ficaram de criar um mecanismo de consulta periódico e se comprometeram  a ampliar e aprofundar os acordos de cooperação técnica entre os dois países.

Saiba mais

• Entre os principais itens que o Brasil exportou para a Argentina, em 2011, estão cacau (US$ 149 milhões); carne suína (US$ 130 milhões); e café (US$ 92 milhões). As exportações agrícolas para este país, no ano passado, totalizaram US$ 750 milhões.

• Da Argentina, o Brasil importou mais, em 2011, trigo (US$ 1 bilhão) e arroz (US$ 117 milhões). As exportações argentinas totalizaram, neste período, US$ 4 bilhões.

• 75% da carne suína importada pela Argentina vêm do Brasil e 15% do Chile.

Tags:
Fonte:
Mapa

0 comentário