Carne bovina de Minas busca recuperação no mercado externo

Publicado em 05/12/2012 15:38 319 exibições
Vendas para a Rússia responderam por 38% da receita em dez meses.
As vendas externas de carne bovina, nos dez primeiros meses de 2012, somaram US$ 280,7 milhões, receita 9,2% superior à registrada em idêntico período do ano passado. As informações são do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC). De acordo com a Secretaria de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Seapa), o valor registrado nos primeiros dez meses de 2012 é o segundo maior da série iniciada em 2001.

“O maior valor obtido com as exportações de carne bovina por Minas foi US$ 295,7 milhões, cifra registrada em 2007, antes do início dos problemas na economia internacional, deflagrados no segundo semestre de 2008”, informa Márcia Aparecida de Paiva Silva, assessora técnica da Superintendência de Política Economia Agrícola (Spea). Rússia, Chile e Hong Kong foram os principais destinos da carne exportada por Minas. Os três países, juntos, absorveram 57,6% das exportações mineiras.

Um dos fatores que contribuíram para a nova marca este ano foi o aumento das vendas para a Rússia. As compras daquele país aumentaram 66,3% na comparação entre os primeiros dez meses de 2011 e 2012 e atingiram US$ 106,7 milhões. O valor corresponde a 38% da receita obtida com as vendas externas totais de carne por Minas no período analisado.

Márcia Silva diz que o fim do embargo russo às carnes brasileiras, mediante a adaptação das indústrias nacionais às regras impostas por aquele país, é um incentivo para aumentar as exportações de carnes do Brasil. Embora os frigoríficos mineiros não tenham sido afetados pelo embargo, podem se beneficiar da abertura de mercados.

Ela ressalta que o bom resultado das vendas externas de carne bovina foi destaque na análise do comportamento das exportações do agronegócio mineiro. “Em meio à crise internacional foi registrado desaquecimento geral das vendas externas do setor estadual. Com essa performance, as exportações do produto bovino superaram as vendas externas de carne de frango e se posicionaram como principal gerador de receita cambial do grupo de carnes (composto ainda por carne suína, de peru e outras). De janeiro a outubro, as exportações mineiras de carne bovina representaram 39,2% das vendas externas do grupo das carnes.”

A assessora ainda explica que o bom desempenho de segmentos específicos contribui para minimizar as perdas da crise econômica internacional. “As vendas externas de carne bovina vêm colaborando para esse fim”, acrescenta. Márcia Silva ainda destaca a importância da venda de produtos em sintonia com as restrições sanitárias internacionais, possibilitando a expansão de mercados de destino.

Exportações MG de carne bovina  - jan/out 2012 X jan/out.2011
Total: US$ 280,7 milhões (+ 9,2%)
Rússia: 106,7 milhões (+ 66,3%)
Chile: US$ 28,9 milhões (+ 87,8%)
Hong Kong: US$ 25,6 milhões (+28,1%)
Tags:
Fonte:
Sec. Agricultura de MG

0 comentário