Brasil aguarda fim do embargo iraquiano à carne

Publicado em 24/09/2013 11:52
857 exibições
Para o presidente da associação dos exportadores, Antônio Camardelli, expectativa era que as vendas já estivessem liberadas. Nova missão do país árabe vai visitar laboratórios.

Os exportadores brasileiros de carne bovina ainda esperam a reabertura do mercado iraquiano, fechado desde dezembro do ano passado, após o governo do Brasil informar que o agente causador do mal da vaca louca foi identificado em um animal do rebanho do Paraná morto em 2010, sem, no entanto, ter desenvolvido a doença.

"Nós tínhamos a expectativa de que [o mercado] já estivesse aberto”, disse o presidente da Associação Brasileira das Indústrias Exportadoras de Carne (Abiec), Antônio Jorge Camardelli, que participa da Feira Internacional de Erbil, no norte do Iraque, iniciada nesta segunda-feira (23).

Confira a notícia na íntegra no site da Agência de Notícias Brasil-Árabe

Tags:
Fonte: Agência de Notícias Brasil-Árabe

0 comentário