Exportações de carne bovina mantem trajetória de alta

Publicado em 01/06/2010 17:41 374 exibições
O Brasil faturou em maio US$ 359 mi com o embarque de 90 mil toneladas de carne bovina in natura.

O Brasil arrecadou no mês de maio (22 dias úteis) US$ 358,8 milhões com as exportações de 90,4 mil toneladas de carne bovina in natura, informou nesta terça-feira, 1o. de junho, a Secretaria de Comércio Exterior (Secex), órgão do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio (MDIC).


Segundo a Secex/MDIC, em maio de 2009 o País faturava US$ 234 milhões com o embarque de 75,1 mil toneladas. Desta forma, comparando o resultado do ano passado ao de maio/2010, o crescimento das exportações de carne foi de 53% em receita e 20% sobre o volume. Já em relação a abril/2010, a fatura foi 19% maior e a quantidade exportada subiu 15%.


Ainda de acordo com o relatório, o preço médio pago pela carne bovina no mês passado se valorizou pouco: o produto in natura foi negociado a US$ 3.969,8/tonelada, valor 3,7% maior ao de abril/2010, que chegou a US$ 3.827,7/t. Já em relação a maio do ano passado (US$ 3.123/t), a valorização do preço médio registra uma alta de 27,1%. Os principais mercados compradores foram Rússia, Irã e Egito.


Frango - O Brasil exportou em maio o equivalente a US$ 470,5 milhões em carne de frango in natura, alta de 23,5% em relação a maio de 2009. Em relação a abril, o aumento foi de 4,5% na receita exportada. Já o volume foi 9,4% maior em comparação a maio de 2009, atingindo 290,3 mil toneladas. Em relação a abril, o crescimento foi de 4%. O preço médio da carne de frango exportada ficou em US$ 1.620 por tonelada em maio, 12,8% superior ao de maio de 2009, mas praticamente estável em relação a abril.


Suínos - O volume exportado de carne suína caiu no mês passado, apontou a Secex. Foram embarcadas 39,2 mil toneladas de carne suína, queda de 15% ante maio de 2009 e de 12% sobre abril. O preço médio de exportação da carne suína brasileira ficou em US$ 2.744 por tonelada, alta de 35,2% em relação ao mesmo mês de 2009, possibilitando um crescimento de 14,2% na receita, para US$ 107,6 milhões.

Tags:
Fonte:
Campo News

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário