Carne de frango é a de menor valorização em 2010

Publicado em 30/08/2010 15:21 340 exibições
Mais uma vez os analistas de plantão se surpreendem com a evolução de preços das carnes (em especial, da carne bovina), esquecendo-se – como sempre – de que esse é um processo (de safra e entressafra) determinado pela Natureza, não pelo homem.
Ainda assim, não há como negar que o período de safra, neste ano, foi um tanto atípico – pelo menos para bois e suínos. Normalmente (e como voltou a ocorrer com o frango), os preços dos dois animais e respectivas carnes recuam até, aproximadamente, abril/maio (safra), só a partir daí registrando retomada de preços (início da entressafra).
Em 2010, a perda de preços de boi e suíno ficou restrita ao primeiro bimestre do ano, enquanto o frango prosseguia em linha descendente. Pior ainda para o frango: a reversão só começou no segundo semestre.
Como resultado, enquanto o boi e o suíno devem completar os oito primeiros meses do ano com valorização da ordem de 15% se consideradas as cotações do início do exercício, o preço do frango vivo até agora só conseguiu retornar aos mesmos valores obtidos nos primeiros dias de 2010 - sem, portanto, nenhum ganho no ano.
Mas, sob esse aspecto, conforta saber que o processo de valorização do produto deve ter continuidade. E se, por exemplo, conseguir acompanhar o ganho já obtido pelo boi até a última sexta-feira, o frango vivo ainda poderá alcançar valor em torno de R$1,90/kg.

20100830_grafico.gif
Tags:
Fonte:
Avisite

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário