Carnes: Rússia adia proposta para cotas de 2011

Publicado em 20/09/2010 08:54
356 exibições
A Rússia deve apresentar apenas no fim do mês propostas para cotas de importação de carnes em 2011. Moscou se reúne amanhã com os países-membros da Organização Mundial do Comércio (OMC) para tentar acelerar sua entrada na entidade até o fim do ano, mas já sinalizou que a proposta sobre as cotas só será apresentada na próxima reunião.

O Brasil continuará a pressão esta semana para arrancar concessões dos russos. Há cinco anos os dois países assinaram acordo pelo qual os russos se comprometiam a não reduzir as condições de acesso das carnes brasileiras naquele mercado. Porém, em 2009 Moscou concedeu a fatia mais interessante das cotas de importação de carnes de frango e de suíno para EUA e a União Europeia.

Apesar de querer o apoio brasileiro à sua entrada na OMC, Moscou tem redobrado os esforços para reduzir, cada vez mais, as suas importações de carnes de frango e de suíno.

O plano russo é cortar pela metade até 2013 os volumes atuais de importação que, neste ano, serão de 400 mil toneladas de frango. No caso da carne suína, da cota de 500 mil toneladas, a ideia é cortar 200 mil toneladas de importação. Os russos dizem que em três anos poderão ser autossuficientes nesses dois tipos de carnes. Contudo, seus produtores são ineficientes e caros e não têm como competir com os brasileiros, por exemplo.
Tags:
Fonte: Valor Econômico

Nenhum comentário