Volumes das exportações de carnes decepcionam

Publicado em 11/11/2010 07:39
351 exibições
Os volumes das exportações brasileiras de carnes de frango e suína voltaram a decepcionar em outubro, ainda que as receitas oriundas dos embarques tenham se mostrado mais sólidas, segundo balanços divulgados ontem pela União Brasileira de Avicultura (Ubabef) e pela Associação Brasileira da Indústria Produtora e Exportadora de Carne Suína (Abipecs), ambos baseados em estatísticas da Secretaria de Comércio Exterior (Secex).

No caso da carne de frango, as vendas ao exterior somaram 333 mil toneladas no mês passado, abaixo das 335 mil de outubro de 2009 e pior resultado desde junho. Nos primeiros dez meses de 2010, foram 3,184 milhões de toneladas, 4,4% mais que em igual intervalo do ano passado, graças sobretudo aos desempenhos observados entre julho e setembro.

A receita com as venda alcançou US$ 605 milhões em outubro, ante US$ 565 milhões no mesmo mês de 2009, e passou a somar US$ 5,568 bilhões nos primeiros dez meses, um aumento de 16% sobre o período entre janeiro e outubro do ano passado. Em comunicado, a Ubabef destaca os efeitos deletéreos do câmbio para a recuperação dos volumes exportados e dos preços internacionais, também destacados pela Abipecs.

A análise da entidade que representa a indústria de carne suína destaca que a forte demanda doméstica, que também é verificada no frango e tem relação com a disparada dos preços da carne bovina, também tem desestimulado as exportações. Em outubro, foram embarcadas 63 mil toneladas, ou US$ 130,5 milhões - baixas de 21% e 4,6%, respectivamente. Na comparação entre os dez primeiros meses, há queda de 9,8% em volume e aumento de 11,3% em valor.
Tags:
Fonte: Valor Econômico

Nenhum comentário