Carnes: vendas externas se recuperam, mas receita não repete 2008

Publicado em 18/11/2010 07:45 287 exibições
Dados coletados pelo Ministério da Agricultura (MAPA) junto à SECEX-MDIC indicam que nos primeiros 10 meses de 2010 as exportações brasileiras de carnes tiveram expansão de apenas 2,9% em relação a idêntico período do ano passado, ficando próximas, mas ainda aquém, dos 5 milhões de toneladas.

Menos mal porque o preço médio dos vários tipos de carnes exportadas obteve, no período, valorização de 14%, o que proporcionou ao País um aumento de 17% na receita cambial que, em onze meses, totalizou US$11,376 bilhões.

Projetados para a totalidade do ano, os valores até agora registrados indicam exportações totais próximas de seis milhões de toneladas e receita cambial da ordem de US$13,6 bilhões, o que, se alcançado, vai significar expansão de 3,5% no volume embarcado e de 15% na receita cambial.

O ganho, no caso da receita, é significativo. Mas continuará negativo em relação a 2008, ano em que as exportações de carnes renderam US$14,5 bilhões. Já o ganho no volume será apenas marginal (entre 1% e 1,5%), visto que em 2008 o volume exportado superou ligeiramente os 5,9 milhões de toneladas.

Tags:
Fonte:
AviSite

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário