Exportação de carne para a China deve aumentar com mais sete unidades autorizadas

Publicado em 12/07/2011 18:06 397 exibições

Mais sete unidades exportadoras de carne – frigoríficos no Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Rio Grande do Sul – deverão ser autorizadas a enviar seus produtos para a China. A declaração veio do presidente da Abiec (Associação Brasileira das Indústrias Exportadoras de Carnes), Antonio Jorge Camardelli. "Hoje, em maioria, a China compra do Brasil mais miúdos, mas estamos crescendo em carnes industrializadas. Precisamos identificar melhor esse mercado para ampliarmos mais nossa presença", diz.

De acordo com Camardelli, até fevereiro deste ano, somente cinco unidades vendiam para os chineses. Em março, esse número subiu para nove. O faturamento das exportações neste primeiro semestre foi US$ 2,9 milhões, 278% a mais que o mesmo período em 2010. Em valores brutos, foram 701 toneladas de carne bovina enviadas à China, 159% superior ao ano passado. No mês de junho foram 333,8 mil toneladas, equivalente à US$ 1,508 milhão.

A projeção da Abiec para este ano é superar os US$ 5 bilhões de receita cambial de 2010. "Pelos números do primeiro semestre, com certeza conseguiremos alcançar o esperado", disse o presidente executivo da Abiec, Fernando Sampaio.

Tags:
Por:
Fernanda Cruz
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário