Por conta da estiagem, 31 municípios entram em estado de emergência no RS

Publicado em 03/01/2012 16:01 e atualizado em 03/01/2012 17:13 655 exibições
A Defesa Civil do Rio Grande do Sul informou que 31 municípios do estado entraram em estado de emergência por conta da seca e mais 22 estão em estado de alerta. A falta de chuvas já afeta cerca de 213 mil pessoas. Na cidade de Westphalen, 29 mil pessoas foram atingidas.

A chuva que chegou em algumas partes do estado não foram suficientes para alivir o déficit hídrico pelo qual passam as cidades gaúchas.

No nordeste do Rio Grande do Sul, as plantações de milho são as mais atingidas pelo clima seco e pelas altas temperaturas. Já na parte sul e na região Metropolitana do estado, a ausência das precipitações já provoca um incremento nos gastos dos produtores de arroz e compromete a irrigação das lavouras.

Na cidade de Cruz Alta, região que mais produz grãos no estado, as precipitações acumuladas em dezembro ficaram 60% abaixo da média normal. Os prejuízos na cultura do milho já chegam a 70% e muitas lavouras tiveram perda total.

Na região de Santa Rosa, na cidade de Chiapeta, há dois meses as chuvas não são significativas e suficientes para aliviar os efeitos da seca. Por conta disso, segundo a prefeitura municipal, 80% das lavouras de milho e 20% da produção de soja foram prejudicados. Além disso, houve queda de 30% na produção de leite, em função da falta de pastagem.

Veja os municípios que estão em situação de emergência:

Boa Vista das Missões, Jaboticaba, Pinhal, Cristal do Sul, São José do Herval, Cruzeiro do Sul, Fontoura Xavier, Engenho Velho, Novo Xingu, Liberato Salzano, Barra Funda, Fortaleza dos Valos, Putinga, Cerro Branco, Crissiumal, São Pedro das Missões, Constantina, Rodeio Bonito, Ilópolis, Coronel Bicaco, Passo do Sobrado, Chiapeta, Santa Cruz do Sul, Frederico Westphalen, Ibirubá, Lagoão, Vila Maria, São José das Missões, Jóia, Pinhal Grande, Palmeira das Missões e Arroio do Meio.

Com informações do DiárioNet.

Tags:
Por:
Carla Mendes
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário