Seca: Na Argentina, perdas na soja já se aproximam de 2 milhões de toneladas

Publicado em 12/01/2012 10:05 1277 exibições
De acordo com dados da indústria da soja da Argentina, as perdas na produção da oleaginosa do país já se aproximam das 2 milhões de toneladas na safra 2011/12 por conta da forte seca que atinge as plantações há varia semanas.

O presidente da Associação da Cadeia da Soja Argentina (ACSoja), Miguel Calvo, disse que a possibilidade de que a safra argentina de soja chegue a 52 milhões de toneladas não existe mais. "É mais razoável pensar em 48 milhões de toneladas", disse.

Calvo informou ainda que essas perdas podem ser estimadas por conta do atraso do plantio em função da estiagem."Estamos com 84% da área plantada. Ainda há um espaço para continuar o plantio, mas haverá perdas de pelo menos 10% na produtividade do plantio mais antigo", completou.

A safra de milho também sofre com a falta de chuvas, porém, os produtores ainda estão otimistas e chegam até a apostar em um aumento da colheita este ano, mesmo diante das possibilidades de perdas.

No caso do cereal, as projeções mais otimistas apontavam para um aumento da safra de 23 para 27 milhões de toneladas, por conta de um aumento da área plantada. Esse incremento na área é estimado porque o plantio poderia se estender por mais um mês.

"Atingir 27 milhões não é inalcançável, mas é mais razoável pensar em uma expansão de 10% em relação ao ciclo passado", comentou o diretor da Associação do Milho e do Sorgo Argentino (Maizar), Martín Fraguío.

Com informações do Valor Econômico.

Tags:
Por:
Carla Mendes
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário