Argentina deverá receber chuvas significativas na semana que vem

Publicado em 03/02/2012 15:10 1018 exibições
As principais regiões produtoras de soja e milho deverão receber significativas chuvas na semana que vem e essas precipitações deverão trazer alívio às lavouras que há meses sofrem com uma severa estiagem provocada pelo La Niña. A seca também castigou as plantações do Sul do Brasil e do México.

De acordo com o relatório climático semanal da Bolsa de Cereais de Buenos Aires, cerca de 150 mm devem chegar ao norte e ao centro do país, enquanto a região sul ainda terá apenas chuvas escassas. O boletim também aponta para altas temperaturas, que poderiam superar os 35°C.

Após meses sofrendo com a seca, as lavouras de milho precisam muito dessas chuvas para tentar recuperar parte das perdas já registradas. Na Argentina, os danos foram mais severos com o milho do que com a soja.

As chuvas que caíram em janeiro chegaram até a dar um certo alívio para as plantações, porém, foram insuficientes. As mais beneficiadas foram as lavouras foram plantadas mais tarde ou na segunda fase.

A estimativa da Bolsa de Buenos Aires para a produção da Argentina é de 22 milhões de toneladas para o milho e de 46,2 milhões de toneladas para a soja.

Com informações da Bloomberg.

Tags:
Por:
Carla Mendes
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário