Inverno começa com previsão de pouca chuva no RS

Publicado em 20/06/2012 08:02 1121 exibições
Chuvas só devem regularizar na segunda quinzena de agosto.
O inverno começa hoje, dia 20, com a previsão de alternância de períodos frios e quentes e irregularidade na distribuição das chuvas no Rio Grande do Sul. Segundo o meteorologista do CemetRS Glauco Freitas, a estação será marcada pela neutralidade climática. O fenômeno La Niña, que vem atuando no Estado desde a última primavera, não deverá ter mais influência durante o inverno. No entanto, a regularização das chuvas deverá acontecer apenas a partir da segunda quinzena de agosto.

Em julho, as precipitações pluviais devem ficar acima ou dentro da média apenas nas regiões da Campanha e Litoral Sul. “As frentes frias, que provocam chuva, poderão ficar mais atuantes no Uruguai, podendo atingir também as regiões próximas ao país vizinho”, assinala Glauco. Conforme o meteorologista, as frentes não conseguirão avançar sobre todo o Estado por causa da formação de um bloqueio atmosférico. Esse fenômeno é causado pelo ar seco proveniente do centro do país e pelas correntes de jato (túneis de vento formados numa altitude entre 10 e 12 km). Como o bloqueio impede a passagem das frentes frias, o centro e o norte do Rio Grande do Sul devem registrar índices de chuva abaixo do normal no mês de julho.

Em agosto, o Estado também deve registrar tempo mais seco, principalmente na primeira quinzena. “A partir do dia 20 de agosto, as chuvas começam a se distribuir melhor no Rio Grande do Sul, tendência que deve se fortalecer em setembro”, explica Glauco.

Em relação às temperaturas, a estação deve ser marcada pela alternância de dias de frio intenso e outros com temperaturas mais amenas. “Isto é característico do inverno gaúcho, pois o Estado é uma região de encontro de massas de ar frio e quente. E, ainda, o fenômeno do bloqueio atmosférico permite que o ar quente que vem do centro do país atinja o Estado, deixando as temperaturas bastante elevadas para a estação”.
Tags:
Fonte:
Fepagro

0 comentário