Publicidade

Falta de chuvas na BA e norte do ES prejudica pastagens e lavouras de café

Publicado em 04/01/2013 10:25 690 exibições
 O mês de dezembro terminou com chuvas muito abaixo da média em boa parte da Bahia, nordeste de Minas Gerais e norte do Espírito Santo. Em alguns municípios baianos praticamente não choveu nos últimos 30 dias, como é o caso de Barra do Choça-BA, onde o acumulado do mês passado ficou em apenas 2,7mm, sendo que a média para o período é de 125mm. Em Vitória da Conquista-BA a situação é bem parecida, pois choveu 4,2mm sendo que o normal seria chover 127mm, isso representa um desvio negativo de 97%.

Essa condição climática de dezembro é bem diferente do que aconteceu em novembro na região. Segundo os meteorologistas da Somar, o acumulado de 60 dias atrás passou dos 300mm e garantiu um bom desenvolvimento das lavouras na época. Porém, como o solo muito seco agora, algumas culturas já apresentam perdas, como é o caso do café, do milho e também das pastagens.

O tempo seco é provocado por causa da formação de um bloqueio atmosférico, que impede o avanço das frentes frias pelo Brasil e da atuação de um sistema meteorológico chamado de Vórtice Ciclônico, que é uma espécie de massa de ar seco, que desfavorece a formação de chuvas. “Neste momento, o bloqueio atmosférico rompeu e a chuva retornou ao Sudeste, inclusive provocando muitos estragos no Rio de Janeiro. Entretanto, o Vórtice ainda não desfez”, afirma o meteorologista da Somar, Celso Oliveira.

E a previsão não é animadora, pois nos últimos dias, as simulações passaram a mostrar que as frentes frias devem ficar mais ao sul, paradas entre o Rio de Janeiro e São Paulo, justamente bloqueada pelo Vórtice. Até volta a chover em áreas secas como zona da mata de Minas Gerais, sul do Espírito Santo e oeste da Bahia. Entretanto, para toda a área produtora de café da Bahia, centro e norte capixaba e extremo nordeste mineiro, o atual cenário de seca não muda. A previsão é de chuva isolada e com baixo acumulado, algo que não reverte a estiagem.

Publicidade

Para o Verão, o sul e nordeste da Bahia deve receber chuvas abaixo da média ao longo da estação. Falando-se em números, estimam-se acumulados entre 500mm e 1000mm nas áreas beneficiadas pela chuva, enquanto que entre o Recôncavo Baiano e o centro e leste de Pernambuco deve chover pouco mais de 300mm na próxima estação. A expectativa é de poucas chuvas neste primeiro trimestre muito em função deste vórtice persistente sobre o Nordeste.

Saiba mais sobre o clima na sua região no site Tempo Agora

Tags:
Fonte:
Tempo Agora

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

1 comentário

  • jose renato da silva Uberlândia - MG

    não é só no ES e BA que a falta de chuva anda causando estragos. No triangulo Mineiro também está faltando chuvas e as lavouras ja começam a sentir a falta dágua.

    0