Alta umidade dificulta implantação dos grãos de verão no RS

Publicado em 14/10/2014 09:52 140 exibições

Os agricultores gaúchos têm enfrentado dificuldades na semeadura da safra de grãos. Segundo o Informativo Conjuntural elaborado pela Emater/RS-Ascar, as condições meteorológicas ocorridas até o momento estão dificultando a implantação das lavouras, como, por exemplo, as de arroz situadas do Centro para o Oeste do Estado, onde as chuvas dos últimos dias foram mais intensas e persistentes.

Já do Centro para o Leste do estado, o plantio pôde ser efetuado sem maiores problemas, uma vez que a umidade se mostrou menor, facilitando a entrada das máquinas nas lavouras. O percentual de área semeada com arroz atinge, no momento, 15% do total projetado para esta safra, oito pontos percentuais a menos quando comparado à média dos últimos anos. 

O feijão da primeira safra foi outra cultura que teve o plantio retardado em função das condições meteorológicas adversas, principalmente no Noroeste do Estado. Em termos gerais, o percentual de área semeada chega a 15% do total de 48,6 mil hectares projetados para esta safra. Esse avanço foi verificado principalmente no Centro e na Serra, onde as chuvas não foram tão intensas. As lavouras recém-plantadas não enfrentam dificuldades na germinação.

Nas áreas semeadas com milho, situadas no Oeste do Estado, as altas precipitações podem ter causado a perda de boa parte da adubação nitrogenada efetuada recentemente, diminuindo a eficiência da mesma. Isso poderá acarretar um aumento nos custos de produção devido à necessidade de reaplicação desses insumos. Apesar disso, se comparado ao ano passado, o plantio desta safra se encontra à frente, atingindo, no momento, 58% da área prevista.

Tags:
Fonte:
Emater RS

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário