Argentina deverá receber geadas na área agrícola nas próximas duas semanas

Publicado em 27/07/2017 14:06
1895 exibições

A Bolsa de Cereais de Buenos Aires (BCBA) divulgou hoje sua previsão agroclimática para o período de 27 de julho a 02 de agosto na Argentina, destacando que a maior parte da área agrícola deve receber ventos do trópico, com aumento de temperatura, de umidade e de nebulosidade acima dos níveis normais. A previsão também engloba o Paraguai e o Uruguai.

No leste do noroeste argentino, nordeste de Cuyo, na maior parte do Paraguai, na região do Chaco, no norte da região dos Pampas, na maior parte da Mesopotâmia e na maior parte do Uruguai as temperaturas máximas deverão ficar acima dos 25ºC, com foco de mais de 30ºC na porção noroeste.

Já o centro do noroeste, o leste de Cuyo, o centro da região dos Pampas e as zonas costeiras do Uruguai deverão ter temperaturas entre 20ºC a 25ºC. No oeste do noroeste, no centro e oeste de Cuyo e no extremo sul da região dos Pampas, as temperaturas devem ser inferiores a 20ºC.

Argentina - previsões climáticas

Chuvas

Paralelamente, o tempo chuvoso deve durar por boa parte da perspectiva, com chuvas significativas no entorno das costas do Rio da Prata.

Argentina - chuvas

O sudeste de Santa Fe, o centro e o sul de Entre Ríos, o leste de Buenos Aires e a maior parte do Uruguai receberão chuvas moderadas a abundantes (10 a 75mm). Para a maior parte da área agrícola, chuvas escassas, de 10mm.

Massa de ar polar

Depois das temperaturas em alta, uma massa de ar polar deve surgir novamente na região, com temperaturas máximas de até 10ºC. O centro do noroeste, o nordeste de Cuyo e o centro da região dos Pampas observarão temperaturas mínimas entre 5ºC a 10ºC, com risco de geadas localizadas. O oeste do noroeste, a maior parte de Cuyo e o sul da região dos Pampas receberão geadas localizadas e gerais, com temperaturas mínimas inferiores a 5ºC.

Argentina - massa de ar polar

De 3 a 9 de agosto

A maior parte da área agrícola deverá receber chuvas escassas. Em Entre Ríos, no leste de Buenos Aires e na maior parte do Uruguai as chuvas devem ser moderadas a muito abundantes (de 10mm a 100mm). Os ventos polares continuam, com risco de geadas localizadas na maior parte da área agrícola.

Por: Izadora Pimenta
Fonte: Notícias Agrícolas

0 comentário