Produtores paulistas de hortaliças reclamam da falta de chuva

Publicado em 05/07/2010 13:50 241 exibições
Produtores de hortaliças de Suzano, no cinturão verde do município de São Paulo, reclamam da falta de chuva. Os reservatórios estão com pouca água, o que dificulta a irrigação das lavouras.

O tanque está quase vazio. Por causa da pouca quantidade de água e de oxigênio os peixes morrem. O nível não atinge um metro de altura. Os reflexos da seca são percebidos na lavoura.

“Se a gente for regar como manda mesmo nós ficamos sem água e sem produção, sem plantar”, falou o agricultor Aparecido Santos.

A atenção com a plantação tem sido redobrada. Mas mesmo com todo cuidado, muitas mudas não resistiram e morreram.

Em outro sítio a situação é a mesma. O reservatório com capacidade para cem mil litros está praticamente vazio. Na mina, de tão fraca, não dá para ver a água. A irrigação era feita duas vezes ao dia. Agora, é só pela manhã e em pouca quantidade.

Com a falta de água, as verduras não pegam do solo alguns nutrientes. Com isso, a qualidade fica comprometida.

O agricultor Francisco Maurício da Silva explicou que o plástico sobre o canteiro ajuda a segurar a umidade. Mas a alternativa não afastou as consequência da seca. “As pontas das folhas enrugadas significa que a verdura está com falta de água. A gente fala que ela não está se alimentando”, disse.
Tags:
Fonte:
Globo Rural

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário