Temperaturas se elevam no Centro-Oeste e volta a chover na região

Publicado em 28/10/2010 10:30
535 exibições
Para o fim de semana, há risco de intensos temporais em Mato Grosso, nordeste de Mato Grosso do Sul, Goiás e Distrito Federal.
SEXTA, DIA 29

Sul
Nesta sexta, o tempo finalmente muda. A propagação de uma área de baixa pressão causa pancadas de chuva, trovoadas e rajadas de vento em boa parte do Rio Grande do Sul, sul e oeste de Santa Catarina e no sul e oeste do Paraná. Apesar da volta da chuva, na maior parte das localidades o acumulado será baixo. As rajadas de vento chegam aos 70km/h no sul do Rio Grande do Sul e não descarta-se queda de granizo em nenhuma localidade da região Sul, por conta da influência do fenômeno La Niña, que aumenta a possibilidade deste tipo de evento. Mesmo com as chuvas, o calor predomina na maior parte da região Sul.

Sudeste
Na sexta, a previsão é de tempo seco em todo o Sudeste, com exceção de partes da Serra da Mantiqueira. A temperatura entra em elevação em todo o Sudeste, inclusive no litoral.

Centro-Oeste
Nesta sexta, o padrão do tempo começa a mudar, com a volta da chuva no sudoeste e sul de Mato Grosso do Sul, Mato Grosso e norte de Goiás. Há risco de chuva forte no nordeste de Mato Grosso e norte de Goiás, com acumulado entre 20mm e 50mm. O frio da madrugada diminui em Mato Grosso do Sul e o calor da tarde predomina em toda a região.

Nordeste
Na sexta, ainda chove em boa parte do Nordeste. Apenas na divisa da Bahia com o Espírito Santo e Minas Gerais, além de boa parte da costa norte e leste da região, não há previsão de chuva. Há risco de temporais em boa parte da Bahia, sertão de Alagoas, centro e oeste de Pernambuco, sul do Maranhão e centro e sul do Piauí. Em Novo Horizonte, no centro da Bahia, o acumulado passa dos 75mm, correspondendo a 75% da média do mês de outubro. Em Barra do Mendes, na região de Irecê, o acumulado também poderá oscilar em torno dos 75mm, ultrapassando a média de chuva do mês de outubro, que oscila em torno dos 65mm. Faz calor em boa parte da região, com exceção do centro, leste e sul da Bahia.

Norte
Na sexta, a chuva novamente atinge toda a região Norte, porém o acumulado aumenta sobre o Tocantins, Pará, Amapá, Roraima e norte do Amazonas. Mesmo assim, o calor de mais de 35°C predomina no Pará e Tocantins.

Confira a previsão para os próximos dias

Sul
No sábado, as áreas de baixa pressão se organizam em uma frente fria, que causa chuva em toda a região Sul. Chove forte no norte do Rio Grande do Sul, sul e oeste de Santa Catarina e em boa parte do interior do Paraná. No domingo, a chuva atinge o centro, leste e norte do Paraná e norte de Santa Catarina. Nos primeiros cinco dias de novembro, volta a chover nas áreas mais próximas do litoral da região, especialmente em Santa Catarina. O acumulado alcança 15mm em boa parte das localidades.

Sudeste
No sábado, uma frente fria e áreas de instabilidade favorecem o retorno da chuva a São Paulo e Minas Gerais. Há risco de temporais no oeste de São Paulo. No domingo, a chuva atinge São Paulo, Rio de Janeiro, interior do Espírito Santo e boa parte de Minas Gerais. Há risco de temporais em São Paulo, litoral do Rio de Janeiro e no oeste e sul de Minas Gerais. Nos primeiros cinco dias de novembro, a frente fria estaciona na altura do Espírito Santo e organiza o primeiro grande temporal do período das águas. O acumulado passa dos 150mm em apenas cinco dias entre o Espírito Santo e o centro e norte de Minas Gerais neste período.

Centro-Oeste
No sábado, a chuva passa a acontecer de forma generalizada sobre o Centro-Oeste, com acumulado acima dos 30mm em boa parte de Mato Grosso do Sul, sul de Mato Grosso e sudoeste de Goiás. No domingo, chove em boa parte do Centro-Oeste, com exceção do oeste e sul de Mato Grosso do Sul. Há risco de intensos temporais em Mato Grosso, nordeste de Mato Grosso do Sul, Goiás e Distrito Federal. Nos primeiros cinco dias de novembro, a chuva fica concentrada entre Mato Grosso, Goiás e Distrito Federal, com acumulado de mais de 100mm em várias localidades. Por outro lado, o tempo fica seco na maior parte de Mato Grosso do Sul.

Nordeste
No sábado, a chuva prossegue sobre Bahia, Maranhão e Piauí, porém já não há previsão de grandes temporais. No domingo, a chuva diminui consideravelmente sobre o Nordeste, atingindo apenas o oeste da Bahia e sul do Piauí e do Maranhão. Nos primeiros cinco dias de novembro, volta a chover forte no centro e sul da Bahia, porém nas demais áreas do Nordeste, a previsão é de pouca ou nenhuma chuva neste período. Vale lembrar que as previsões indicam veranicos para o mês de novembro na região Nordeste. Ou seja, apesar da atual chuva forte, o produtor deve ter cautela na atividade de plantio, pois o mês de novembro voltará a ficar mais seco em várias localidades.

Norte
Chove em boa parte da região Norte no sábado. A exceção fica por conta do norte do Pará e de boa parte do Amapá. A chuva forte atinge o Tocantins, centro, sul e oeste do Pará, leste do Amazonas e Roraima. No domingo, destaca-se a chuva forte no Tocantins, centro e sul do Pará e Rondônia. Nos primeiros cinco dias de novembro, a chuva atinge boa parte da região Norte, com destaque para os mais de 100mm entre o sul do Pará e do Amazonas.
Tags:
Fonte: Somar Meteorologia

Nenhum comentário