Vórtice ciclônico mantém risco de temporais localizados, com trovoadas e queda de granizo, no Sul

Publicado em 24/11/2010 10:27 795 exibições
Calor volta ao interior da região, mas temperatura máxima ainda permanece baixa nas áreas próximas à costa.
QUINTA, DIA 25

Sul
As áreas de instabilidade ainda causam chuva entre o nordeste do Rio Grande do Sul, centro e leste de Santa Catarina e leste do Paraná. Apesar do menor acumulado, o vórtice ciclônico de níveis médios ainda mantém o risco de temporais localizados, com muitas trovoadas e queda de granizo de forma mais isolada. O calor volta ao interior da região, mas a temperatura máxima ainda permanece mais baixa nas áreas próximas da costa.

Sudeste
Na quinta, a chuva atinge boa parte da região, com exceção do oeste de São Paulo. Chove forte em boa parte de Minas Gerais, norte do Rio de Janeiro, Espírito Santo e norte de São Paulo, com acumulado entre 20mm e 30mm. O calor aumenta em boa parte da região. Apenas no litoral paulistas e em parte do Espírito Santo, a temperatura máxima permanece baixa.

Centro-Oeste
Na quinta, a chuva atinge Goiás, Distrito Federal, boa parte de Mato Grosso e o nordeste de Mato Grosso do Sul. Destaca-se o acumulado elevado no noroeste de Mato Grosso. Por outro lado, na maior parte de Mato Grosso do Sul e no sudoeste de Mato Grosso, o tempo permanece seco. O calor predomina em grande parte da região, com exceção do oeste de Mato Grosso e centro de Goiás.

Nordeste
Na quinta, a chuva fica mais restrita, atingindo o sul do Maranhão e do Piauí, oeste de Pernambuco e boa parte da Bahia. Há risco de chuvas fortes no norte, oeste e extremo sul da Bahia, com acumulado entre 20mm e 30mm. No leste e norte do Nordeste, o tempo permanece seco e ensolarado. A temperatura volta a subir em toda a região, passando dos 35°C no norte do Nordeste.

Norte
Na quinta, a chuva novamente atinge boa parte da região, com exceção de partes do Amapá e norte do Pará. Há risco de temporais em Rondônia, com acumulado de mais de 60mm em várias cidades. O calor predomina em boa parte da região, com exceção de Rondônia.

Confira a previsão para os próximos dias

Sul
A partir da sexta, não há previsão de chuva na região Sul. A temperatura mínima da madrugada cai e chega aos 8°C na Serra Geral. Por outro lado, a temperatura máxima da tarde sobe ainda mais, especialmente no interior dos três Estados. No sábado, a previsão é de tempo seco em boa parte da região. Pode chover de forma isolada no extremo sul do Rio Grande do Sul e no leste do Paraná. No domingo, a chuva isolada e com baixo acumulado atinge o norte do Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná. Entre 29 de novembro e 3 de dezembro, a chuva prossegue, atingindo o Paraná, Santa Catarina e norte do Rio Grande do Sul. O acumulado passa dos 50mm entre o litoral norte de Santa Catarina e o leste do Paraná.

Sudeste
Na sexta, a chuva concentra-se sobre o centro e norte da região, atingindo o Rio de Janeiro, Espírito Santo, Minas Gerais e norte e nordeste de São Paulo. Há risco de temporais no Espírito Santo, com acumulado de mais de 60mm. Por outro lado, na maior parte de São Paulo, o tempo permanece seco. O calor predomina em boa parte da região, com exceção da costa de São Paulo, sul do Rio de Janeiro e norte de São Paulo. No sábado, as chuvas atingem o Espírito Santo e o centro e norte de Minas Gerais. Há risco de temporais no norte de Minas Gerais e no litoral norte do Espírito Santo. No domingo, a previsão é de tempo seco na maior parte do Sudeste. Entre os dias 29 de novembro e 3 de dezembro, a chuva atinge toda a região Sudeste, com destaque para o grande acumulado previsto no Espírito Santo e centro e norte de Minas Gerais.

Centro-Oeste
Na sexta, a chuva novamente atinge o Mato Grosso, Goiás, Distrito Federal e nordeste de Mato Grosso do Sul – com destaque para a chuva forte prevista no noroeste de Mato Grosso, na divisa com Rondônia. Na maior parte de Mato Grosso do Sul, o tempo permanece seco. O calor aumenta entre o Mato Grosso do Sul e o sudoeste de Mato Grosso, com máxima de mais de 35°C. Por outro lado, a temperatura máxima permanece mais baixa no Distrito Federal e centro e leste de Goiás. No sábado, o padrão de distribuição de chuva não muda, mas os acumulados ficam mais baixos. No domingo, a chuva diminui no centro e sul de Goiás e retorna ao oeste e sul de Mato Grosso do Sul. Entre 29 de novembro e 3 de dezembro, a chuva atinge boa parte do Centro-Oeste, sendo que o acumulado passa dos 100mm no norte de Mato Grosso, centro e norte de Goiás e Distrito Federal.

Nordeste
Na sexta, a chuva atinge boa parte da Bahia, oeste de Pernambuco, sul do Piauí e o oeste e sul do Maranhão. Chove forte, porém de forma localizada, sobre o centro, sudoeste e sul da Bahia e sul do Piauí, com acumulado entre 20mm e 30mm. No leste e norte do Nordeste, o tempo permanece seco e ensolarado. Faz calor em boa parte da região, com exceção do sul da Bahia. A partir do sábado, a chuva avança pelo Nordeste, atingindo todo o Estado da Bahia, sertão de Sergipe, oeste de Pernambuco, oeste do Ceará, boa parte do Piauí e oeste e sul do Maranhão. Há risco de temporais no litoral sul da Bahia (mais de 60mm) e, no interior deste mesmo Estado, o acumulado oscila entre 20mm e 30mm. No domingo, a chuva avança ainda mais pelo Nordeste, atingindo o Maranhão, centro e sul do Piauí, oeste e sul do Ceará, oeste da Paraíba, centro e oeste de Pernambuco, Alagoas, Sergipe e boa parte da Bahia. Há risco de temporais na costa da Bahia, com acumulado de mais de 60mm. Também chove forte no norte, centro e oeste da Bahia, centro e oeste de Pernambuco, centro e sul do Piauí e sul do Maranhão, com acumulado entre 20mm e 40mm. Entre 29 de novembro e 3 de dezembro, a chuva prossegue sobre boa parte do Nordeste, com exceção do leste e norte da região. O acumulado passa dos 70mm no oeste da Bahia.

Norte
Na sexta, a chuva forte atinge o sul e noroeste do Amazonas. Entre os dias 27 de novembro e 1º de dezembro, o destaque vai para grandes acumulados previstos em boa parte do Pará. O acumulado passa dos 130mm em várias localidades.

Tags:
Fonte:
Somar Meteorologia

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário