Chuvas finalmente abandonam o Sul e tempo fica seco e ensolarado na maior parte da região

Publicado em 25/11/2010 08:37 702 exibições
Chuvas isoladas e com baixo acumulado ainda atingem o leste de Santa Catarina e o leste do Paraná.
SEXTA, DIA 26

Sul
Na sexta, o risco de temporais diminui. Chuvas isoladas e com baixo acumulado atingem o leste de Santa Catarina e o leste do Paraná. Na maior parte da região, o tempo permanece seco e ensolarado. Faz calor em grande parte da região, com exceção da Serra Geral.

Sudeste
Nesta sexta, a chuva atinge o Espírito Santo, Minas Gerais, Rio de Janeiro e o nordeste e sul de São Paulo. Na maior parte do território paulista, retorna o tempo seco. As chuvas mais intensas atingem o Espírito Santo e o centro e norte de Minas Gerais, com acumulado entre 20mm e 50mm. As chuvas fortes podem atingir Vitória e Belo Horizonte. O calor ainda predomina em boa parte da região, com exceção da costa paulista e sul do Rio de Janeiro.

Centro-Oeste
Nada muda na sexta: as chuvas atingem Goiás, Mato Grosso, Distrito Federal e nordeste de Mato Grosso do Sul. O acumulado varia entre 20mm e 50mm, sendo mais intensa no nordeste de Goiás. Na maior parte de Mato Grosso do Sul e no sudoeste de Mato Grosso, o risco de chuva é menor. O calor aumenta ainda mais e a máxima passa dos 35°C no centro e noroeste de Mato Grosso do Sul e no sudoeste de Mato Grosso. Por outro lado, a temperatura máxima não sobe muito no centro de Goiás e no centro de Mato Grosso.

Nordeste
Na sexta, a chuva fica mais restrita, atingindo o centro e sul do Piauí e o centro, oeste e sul da Bahia. Apesar de mais restrita, a chuva ganha força, com acumulado de 30mm no extremo sul e de 40mm no extremo sudoeste da Bahia. Na maior parte do Nordeste, o tempo permanece seco e ensolarado. O calor predomina em toda a região, com máxima de mais de 35°C em todo o centro e norte do Nordeste.

Norte
As chuvas prosseguem, porém já não há previsão de grandes acumulados sobre a região Norte. As chuvas atingem o Acre, Rondônia, Amazonas, Roraima, centro e sul do Tocantins, centro, sul e oeste do Pará e parte do Amapá, com acumulado de até 50mm em Roraima. O calor toma conta da região, com exceção de algumas localidades do sul do Amazonas e noroeste de Roraima.

Confira a previsão para os próximos dias

Sul
No sábado, a previsão é de tempo seco em grande parte da região. Apenas no extremo sul do Rio Grande do Sul, há previsão de chuva com baixo acumulado e isolada. O calor aumenta cada vez e a máxima passa dos 35°C no oeste do Rio Grande do Sul. No domingo, a chuva isolada e com baixo acumulado atinge o norte do Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná. Entre 29 de novembro e 3 de dezembro, a chuva prossegue, atingindo o Paraná, Santa Catarina e norte do Rio Grande do Sul. O acumulado passa dos 50mm entre o litoral norte de Santa Catarina e o leste do Paraná.

Sudeste

No sábado, a chuva avança para norte, deixando o tempo seco em todo o Estado de São Paulo, boa parte do Rio de Janeiro e sul e sudoeste de Minas Gerais. Por outro lado, há risco de intenso temporal no nordeste de Minas Gerais, com acumulado de mais de 60mm. O calor predomina em boa parte da região, com exceção da costa de São Paulo e do Rio de Janeiro. No domingo, a previsão é de tempo seco na maior parte da região Sudeste. Entre os dias 29 de novembro e 3 de dezembro, a chuva atinge toda a região Sudeste, com destaque para o grande acumulado previsto no Espírito Santo e centro e norte de Minas Gerais.

Centro-Oeste
No sábado, pelo terceiro dia consecutivo, a chuva atinge Goiás, Mato Grosso e Distrito Federal, com acumulado que varia entre 20mm e 40mm. A chuva será mais intensa no centro/sul de Mato Grosso. Por outro lado, o tempo permanece seco em Mato Grosso do Sul. O calor aumenta cada vez mais em Mato Grosso do Sul, com máximas de mais de 35°C em várias localidades, além do sudoeste de Mato Grosso. Já no centro de Goiás e de Mato Grosso, a temperatura máxima não sobe muito. No domingo, a chuva diminui no centro e sul de Goiás e retorna ao oeste e sul de Mato Grosso do Sul. Entre 29 de novembro e 3 de dezembro, a chuva atinge boa parte do Centro-Oeste, sendo que o acumulado passa dos 100mm no norte de Mato Grosso, centro e norte de Goiás e Distrito Federal.

Nordeste
A partir do sábado, a chuva começa a avançar novamente pelo Nordeste. Apesar disso, vale o alerta de que a chuva virá com baixo acumulado na maior parte da Bahia, Piauí, Maranhão, oeste de Pernambuco e sul do Ceará. Apenas no sul da Bahia, a chuva será intensa, com acumulado de mais de 60mm. No leste e em parte do litoral norte do Nordeste, o tempo ainda permanecerá seco. Mesmo com o avanço da chuva, o calor predomina em boa parte da região. A exceção fica por conta do sul da Bahia, onde a temperatura máxima volta a cair. No domingo, a chuva avança ainda mais pelo Nordeste, atingindo o Maranhão, centro e sul do Piauí, oeste e sul do Ceará, oeste da Paraíba, centro e oeste de Pernambuco, Alagoas, Sergipe e boa parte da Bahia. Há risco de temporais na costa da Bahia, com acumulado de mais de 60mm. Também chove forte no norte, centro e oeste da Bahia, centro e oeste de Pernambuco, centro e sul do Piauí e sul do Maranhão, com acumulado entre 20mm e 40mm. Entre 29 de novembro e 3 de dezembro, a chuva prossegue sobre boa parte do Nordeste, com exceção do leste e norte da região. O acumulado passa dos 70mm no oeste da Bahia.

Norte
No sábado, a previsão é de chuvas com baixo acumulado em praticamente toda a região. A precipitação será mais intensa apenas entre Roraima e o noroeste do Amazonas, com acumulado em torno dos 50mm. O calor aumenta cada vez mais, com máxima de mais de 35°C em boa parte do Tocantins, Pará, Amapá, Amazonas e sul de Roraima. No domingo, a previsão é de chuva em boa parte da região, destacando-se a chuva forte no noroeste do Amazonas. Entre os dias 29 de novembro e 3 de dezembro, a chuva atinge boa parte da região, com exceção do litoral. O acumulado passa dos 100mm no sudoeste do Pará, leste e norte do Amazonas e no oeste e sul de Roraima.

Tags:
Fonte:
Somar Meteorologia

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário