Temporais atingem o Centro-Oeste nesta quarta

Publicado em 28/12/2010 09:35 369 exibições
Acumulado passa dos 175mm, ou 55% da média do mês de dezembro, em Nova Maringá (MT).

QUARTA, DIA 29

Sul
Quarta com tempo seco em boa parte da região Sul. Chuva fraca e com baixo acumulado atinge o litoral do Paraná e o litoral norte de Santa Catarina, além do oeste do Paraná. Ainda faz frio pela manhã entre o nordeste do Rio Grande do Sul e o leste do Paraná e a temperatura máxima também cai nas áreas mais próximas da costa dos três Estados. O calor predomina apenas no interior da região Sul.

Sudeste
Nesta quarta prosseguem as chuvas em boa parte da região, com exceção da maior parte de São Paulo e algumas poucas localidades do sul de Minas Gerais e do norte do Rio de Janeiro. Os temporais atingem o Espírito Santo e o norte de Minas Gerais. Em Paracatu, Minas Gerais, o acumulado pode passar dos 110mm ou alcançar um terço da média do mês de dezembro. Em Aracruz, o acumulado chega aos 95mm ou quase metade da média do mês dezembro. O frio da madrugada aumenta o sul do Estado de São Paulo. À tarde, a temperatura máxima permanece baixa no leste de São Paulo, centro e sul do Rio de Janeiro e no norte e em parte da zona da mata de Minas Gerais. No Espírito Santo, apesar da previsão de chuvas intensas, o tempo permanecerá abafado nesta quarta.

Centro-Oeste
Na quarta, chove em boa parte da região, com exceção de algumas poucas cidades do sul e leste de Mato Grosso do Sul e do noroeste de Mato Grosso. Os temporais atingem o Distrito Federal, centro e norte de Goiás e o leste, centro e oeste de Mato Grosso. Em Nova Maringá, Mato Grosso, o acumulado passa dos 175mm ou 55% da média do mês de dezembro. Em São Félix do Araguaia, Mato Grosso, o acumulado chega aos 75mm ou 25% da média do mês de dezembro. Faz calor em Mato Grosso do Sul, porém a temperatura máxima entra em declínio no centro e norte de Goiás, Distrito Federal e no leste, norte e oeste de Mato Grosso. No centro e norte do Centro-Oeste, o declínio da temperatura indica começo de invernada.

Nordeste
Nesta quarta as chuvas se espalham pelo Nordeste e a previsão é de precipitações no centro e sul do Maranhão e do Piauí, oeste de Pernambuco e boa parte da Bahia. De uma forma geral, apesar da volta da chuva, o acumulado será baixo. Chove forte apenas no extremo sudoeste da Bahia, com acumulado de até 40mm. No leste e norte do Nordeste, o tempo permanece seco. O calor predomina em boa parte da região, com exceção do sul e sudoeste da Bahia.

Norte
Na quarta, novamente chove em boa parte da região, com exceção de Roraima e algumas localidades do norte do Amazonas e do Pará, além do interior do Amapá. Chove forte no sudeste do Pará, sul do Tocantins e litoral centro e norte do Amapá, com acumulado de mais de 60mm em 24 horas. O calor ainda predomina em boa parte da região, com exceção de algumas poucas cidades do sul do Pará, sudeste do Amazonas e sul de Rondônia.

Confira a previsão para os próximos dias

Sul
Na quinta chove fraco apenas ao longo do litoral de Santa Catarina e do Paraná. Na maior parte da região, o tempo permanece seco e ensolarado. Faz um pouco de frio na madrugada, especialmente nas regiões serranas do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina. À tarde, faz calor no interior da região, mas a temperatura máxima permanece mais baixa ao longo da costa dos três Estados. Na sexta, ainda chove no extremo oeste do Paraná e as chuvas do litoral espalham-se atingindo desde o litoral norte do Rio Grande do Sul até o litoral do Paraná. Nos primeiros cinco dias de 2011, as chuvas passam a atingir boa parte da região Sul, com exceção do oeste do Rio Grande do Sul. O maiores acumulados atingem a Serra Geral, chegando aos 50mm.

Sudeste
Nesta quinta, as chuvas atingem o litoral sul de São Paulo, o centro e norte do Rio de Janeiro, o Espírito Santo e boa parte de Minas Gerais. Grandes temporais ainda atingem o centro e norte do Espírito Santo e o norte de Minas Gerais. Em São Francisco, Minas Gerais, o acumulado chega a quase 130mm ou metade da média do mês de dezembro. Por outro lado, o tempo fica seco na maior parte de São Paulo, sul do Rio de Janeiro e partes do oeste e sul de Minas Gerais. Faz um pouco de frio pela manhã em algumas localidades do sul de Minas Gerais e do nordeste de São Paulo. Já à tarde, a temperatura máxima volta a cair no Espírito Santo e permanece baixa em boa parte de Minas Gerais e no sul e nordeste de São Paulo. O calor da tarde predomina apenas no norte e oeste de São Paulo e no Triângulo Mineiro. Na sexta, chove forte no Espírito Santo e leste, centro e nordeste de Minas Gerais. Nos primeiros cinco dias de janeiro, a chuva volta a atingir todo o Sudeste, sendo intensa no litoral de São Paulo e noroeste de Minas Gerais.

Centro-Oeste
Na quinta, prosseguem as chuvas em boa parte da região, com exceção do leste de Mato Grosso do Sul e sudeste de Goiás. Chove forte no noroeste de Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Goiás e Distrito Federal. Em Gaúcha do Norte, Mato Grosso, o acumulado passa dos 90mm ou 30% da média do mês de dezembro. Faz calor em Mato Grosso do Sul, centro e sul de Goiás e sul de Mato Grosso. Por outro lado, a temperatura máxima fica baixa e espera-se um dia típico de invernada no centro e norte de Goiás, Distrito Federal e partes do leste, centro e oeste de Mato Grosso. Na sexta, a chuva forte atinge o norte de Mato Grosso do Sul, leste e sul de Mato Grosso e o norte e oeste de Goiás. Nos primeiros cinco dias de janeiro, as chuvas fortes prosseguem sobre Mato Grosso, Goiás, Distrito Federal e norte de Mato Grosso do Sul.

Nordeste
A partir de quinta, a previsão é de elevado acumulado de chuva em boa parte da Bahia, com acumulado de 50mm na zona da mata e litoral sul do Estado. Também chove de forma menos intensa em Sergipe, oeste de Pernambuco, sudoeste do Ceará e centro e sul do Maranhão e do Piauí. No leste e norte do Nordeste, o tempo permanece seco. Ainda faz calor em boa parte da região, com exceção do centro, sul e oeste da Bahia, onde observa-se a formação de uma invernada. Na sexta, além da Bahia, chove forte no sul do Maranhão e do Piauí. Nos primeiros cinco dias de janeiro, chove em grande parte da região, com exceção do litoral norte da Bahia e do litoral de Sergipe. O acumulado passa dos 100mm no oeste da Bahia, extremo sul do Piauí e oeste do Maranhão.

Norte
Nesta quinta, as chuvas tornam-se mais isoladas sobre o Amazonas. Além disso, o tempo permanece seco em Roraima. Já na maior parte da região, prosseguem as chuvas, sendo que em Rondônia e no litoral centro e norte do Amapá há risco de temporais. Em Ji-Paraná, Rondônia, o acumulado chega aos 60mm ou 20% da média do mês de dezembro. Mesmo com as chuvas, o calor predomina em boa parte da região Norte. Na sexta, chove forte no centro e norte do litoral do Amapá, sul do Tocantins e sudoeste do Pará. Nos primeiros cinco dias de janeiro, grandes temporais atingem o Tocantins, centro e leste do Pará, Rondônia, Acre e litoral do Amapá.

Tags:
Fonte:
Somar Meteorologia

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário