Temporais atingem oeste e sul do Estado de São Paulo

Publicado em 18/01/2011 14:36 476 exibições
Temporais atingem oeste e sul do Estado de São Paulo.
QUARTA, DIA 19

Sul
Na quarta, as chuvas atingem boa parte da região Sul, com exceção de algumas áreas da faixa leste do Rio Grande do Sul. Chuvas fortes e localizadas atingem o norte e leste do Paraná, litoral norte de Santa Catarina e extremo oeste do Rio Grande do Sul. Apesar do risco de chuva forte no extremo oeste do Rio Grande do Sul, o acumulado não será suficiente para reverter a estiagem. O calor aumenta em toda a região e a máxima passa dos 35°C no oeste do Rio Grande do Sul.

Sudeste
Nesta quarta, a situação pouco muda, com chuvas no sul do Rio de Janeiro, centro, oeste e sul de Minas Gerais e todo o Estado de São Paulo. Os temporais atingem o oeste e sul de São Paulo, especialmente o Vale do Ribeira e região de Itapeva. Por outro lado, o tempo permanece seco no Espírito Santo, norte do Rio de Janeiro e no norte e leste de Minas Gerais. Faz calor em boa parte da região, com exceção de algumas localidades do sul de Minas Gerais e do oeste e sul de São Paulo.

Centro-Oeste
As chuvas atingem boa parte da região Centro-Oeste nesta quarta, com previsão de acumulados mais elevados em Mato Grosso (especialmente extremo norte e noroeste do Estado), Mato Grosso do Sul e noroeste de Goiás. Uma boa notícia é que a simulação desta terça indica trégua da invernada na maior parte do Centro-Oeste. Apenas algumas localidades do norte de Mato Grosso permanecerão com temperatura máxima mais baixa.

Nordeste
A partir de quarta, as áreas de instabilidade ganham força sobre o norte do Nordeste e a previsão é de elevado acumulado de chuva na costa do Rio Grande do Norte e no interior do Ceará. Na Bahia, Sergipe e Alagoas, o risco de chuva é menor. O calor predomina em toda a região, com máxima entre 32°C e pouco mais de 35°C na maior parte das localidades.

Norte
Na próxima quarta, novamente as chuvas atingem boa parte da região, com destaque para o elevado acumulado na costa da região Norte, sul do Pará, norte de Rondônia e sul do Amazonas. Em Pauini, no Amazonas, o acumulado chega a quase 95mm ou 30% da média do mês de janeiro. O excesso de nuvens deixa a temperatura máxima mais baixa em partes do sudoeste do Pará, sul do Amazonas e de Rondônia. Em algumas localidades do Acre e Roraima, o risco de chuva é menor e o calor predomina nesta quarta.

Confira a previsão para os próximos dias

Sul
Na quinta, a previsão novamente é de chuva em boa parte da região Sul. As chuvas fortes, no entanto, atingem apenas o leste e norte do Paraná. O calor extremo diminui, mas a sensação ainda será de abafamento em toda a região Sul. Na sexta, destacamos os intensos temporais no leste, norte e oeste do Paraná. Entre 22 e 26 de janeiro, a previsão é de chuva em toda a região Sul, com destaque para o acumulado de mais de 100mm no sul de Santa Catarina. No Rio Grande do Sul, o acumulado passa dos 30mm no norte do Estado. No Paraná, o acumulado passa dos 30mm na maior parte do Estado.

Sudeste
Na próxima quinta, a entrada de uma massa de ar seco pelo norte da região inibe a formação de nuvens de chuva sobre boa parte de Minas Gerais, Rio de Janeiro e Espírito Santo. As chuvas generalizadas atingem São Paulo, com destaque para os elevados acumulados no centro, oeste e sul do Estado, especialmente regiões de Itapeva e Vale do Ribeira. Mesmo com as chuvas generalizadas em São Paulo, o calor predomina na maior parte das cidades. A temperatura também permanece elevada no Rio de Janeiro, Espírito Santo e Minas Gerais. A partir da sexta, a chuva forte atinge apenas São Paulo. Entre 22 e 26 de janeiro, a previsão é de chuva com menor acumulado no Sudeste. Esperam-se dias típicos de verão, com sol, calor e pancadas de chuva de fim de tarde.

Centro-Oeste
As chuvas atingem boa parte da região Centro-Oeste nesta quinta, com exceção de algumas partes do leste de Goiás e Distrito Federal. Temporais atingem o oeste de Goiás e os Estados de Mato Grosso e Goiás. A trégua dura pouco e a invernada retorna ao sudoeste de Goiás e parte boa parte de Mato Grosso (tempo fechado e com temperatura máxima mais baixa). Apenas em Mato Grosso do Sul, o calor predomina. Na sexta, chove forte no sudoeste de Goiás, Mato Grosso do Sul e em Mato Grosso. Entre 22 e 26 de janeiro, o acumulado de chuva permanece elevado em Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e noroeste de Goiás. Mesmo assim, a invernada chega ao fim em boa parte da região Centro-Oeste a partir do dia 22 de janeiro.

Nordeste
Na quinta, chuvas fortes e localizadas atingem partes do Maranhão, Piauí, Ceará e Rio Grande do Norte. Na sexta, as chuvas fortes atingem parte do litoral sul e zona da mata da Bahia, litoral e sertão da Paraíba, Rio Grande do Norte, Ceará, centro e norte do Piauí e norte do Maranhão. Entre 22 e 26 de janeiro, as chuvas fortes prosseguem sobre o norte do Nordeste, com acumulado de mais de 100mm no norte do Maranhão e do Piauí, no sul do Ceará e no oeste de Pernambuco.

Norte
Nesta quinta e sexta, destacam-se os elevados acumulados de chuva sobre o sudeste do Amazonas, Pará e litoral da região Norte. Entre 22 e 26 de janeiro, chove forte em Tocantins, Pará, litoral do Amapá, Rondônia, Acre e sul do Amazonas.

Tags:
Fonte:
Somar Meteorologia

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário