Chove em todas as regiões do país

Publicado em 20/01/2011 09:33 1046 exibições
No Sudeste, afetado pelas enchentes há mais de uma semana, a sexta também será chuvosa, mas o acumulado será baixo.
SEXTA, DIA 21

Sul
Na sexta, as chuvas atingem o Paraná, Santa Catarina e a metade norte do Rio Grande do Sul, Temporais atingem boa parte do Paraná e o norte e oeste de Santa Catarina, com acumulado que passa dos 60mm em algumas localidades. Já no Rio Grande do Sul, apesar da chuva, o acumulado será baixo. O excesso de nuvens deixa a temperatura máxima mais baixa no leste e norte do Paraná e no centro e leste de Santa Catarina. No Rio Grande do Sul, o calor predomina.

Sudeste
Nesta sexta, volta a chover de forma generalizada sobre o Espírito Santo e nordeste de Minas Gerais. Também chove de forma generalizada em boa parte do Estado de São Paulo. De uma forma geral, o acumulado no Sudeste será baixo. Apenas no extremo sul paulista, a chuva será mais intensa. No Rio de Janeiro, o risco de chuva é baixo na maior parte do Estado. O calor predomina em boa parte do Sudeste, com exceção do sul de São Paulo.

Centro-Oeste
Na sexta, novamente chove em boa parte do Centro-Oeste, com exceção do centro e leste de Goiás e Distrito Federal. Intensos temporais atingem o norte de Mato Grosso do Sul e o Mato Grosso. Em Comodoro, Mato Grosso, o acumulado chega aos 125mm (precipitação que começa na tarde da quinta e prossegue até a manhã da sexta), correspondendo a 40% da média de janeiro. Em Guarantã do Norte, também em Mato Grosso, o acumulado chega 75mm ou 20% da média do mês de janeiro. A invernada (dia fechado, chuvoso e com temperatura máxima baixa)prosseguem sobre o centro, oeste e norte de Mato Grosso e passa a atingir partes do norte e leste de Mato Grosso do Sul e sudoeste de Goiás.

Nordeste
Nesta sexta, a chuva generalizada espalha um pouco mais e atinge boa parte do litoral, oeste e norte da Bahia. Também chove em todos os demais Estados da região, porém os temporais atingem uma área um pouco mais restrita (Maranhão, Piauí, Ceará, Rio Grande do Norte, Paraíba, Pernambuco e Alagoas). Mesmo com chuvas mais generalizadas, o calor predomina em todo o Nordeste.

Norte
Na sexta, as chuvas atingem boa parte da região Norte, sendo que há risco de temporais em Rondônia, Pará e Amazonas. Em Parintins, o acumulado passa dos 60mm ou 30% da média do mês de janeiro. O excesso de nuvens deixa a temperatura máxima mais baixa no Pará, Amazonas e Rondônia. Em Tocantins, Amapá, Roraima e Acre, o calor predomina.

Confira a previsão para os próximos dias

Sul
No sábado, a umidade migra para sul e as chuvas voltam a atingir boa parte do Rio Grande do Sul, além de Santa Catarina e do Paraná. O acumulado será mais elevado no oeste e noroeste do Grande do Sul, no litoral e no oeste de Santa Catarina e no sudoeste do Paraná, variando entre 20mm e 50mm. A temperatura máxima despenca entre o norte do Rio Grande do Sul, Santa Catarina e sul e oeste do Paraná por conta do excesso de nuvens. No domingo, chove forte no sul de Santa Catarina e em partes do noroeste, centro e nordeste do Rio Grande do Sul. Entre 24 e 28 de janeiro, a chuva atinge boa parte da Região Sul. Será o melhor período para chuvas no Estado do Rio Grande do Sul neste mês de janeiro. O acumulado passa dos 30mm na maior parte do Estado, com exceção da Campanha, onde o acumulado de chuva, infelizmente, permanecerá baixo. Também chove forte em Santa Catarina e Paraná.

Sudeste
No sábado, a previsão é de chuva com baixo acumulado em boa parte da região. Temporais localizados atingem o nordeste de São Paulo e algumas poucas cidades do oeste e leste de Minas Gerais. O calor predomina em boa parte do Sudeste, com exceção do sul de Minas Gerais. No domingo, novamente chove em boa parte da região, sendo que a precipitação será mais intensa no sul do Rio de Janeiro e oeste de Minas Gerais. Entre 24 e 28 de janeiro, as chuvas atingem todo o Sudeste, sendo que os maiores acumulados atingem faixa leste de São Paulo e parte do sul de Minas Gerais.

Centro-Oeste
No sábado, a chuva atinge todo o Centro-Oeste. Intensos temporais atingem o oeste de Mato Grosso, com acumulado de mais de 60mm em várias localidades. A invernada (dia fechado, chuvoso e com temperatura máxima baixa) ainda atinge o oeste de Mato Grosso do Sul e o oeste de Mato Grosso. Em Goiás e Distrito Federal, o calor predomina. No domingo, os temporais atingem o oeste de Mato Grosso. Entre 24 e 28 de janeiro, as chuvas novamente atingem boa parte da região, porém a boa notícia é que a invernada finalmente dá uma trégua para todas as localidades do Centro-Oeste.

Nordeste
No sábado, a chuva volta a enfraquecer sobre a Bahia, além de Sergipe e sertão de Alagoas. Por outro lado, chove forte no Maranhão, Piauí, Ceará, Rio Grande do Norte e litoral de Alagoas e de Pernambuco. Em Boa Viagem, no interior do Ceará, o acumulado passa dos 80mm, mais que a média do mês de janeiro inteiro, que é de 65mm. O excesso de nuvens deixa a temperatura máxima mais baixa no leste do Piauí, interior do Ceará e entre o sul do Rio Grande do Norte e o nordeste da Bahia. No Maranhão, Alagoas e Sergipe, o calor predomina em todas as cidades. No domingo, os temporais atingem o leste do Piauí e o sul do Ceará. Entre 24 e 28 de janeiro, as chuvas fortes passam a ficar concentradas entre o Maranhão e Piauí.

Norte
No sábado, a novidade é a diminuição da chuva no Amazonas e partes do Acre e Pará. Em Roraima, o tempo permanece seco, como é normal nesta época do ano. A partir de agora, os temporais ficam mais restritos à Rondônia, sudeste do Amazonas, leste do Pará, Tocantins e Amapá. A temperatura máxima permanece baixa por conta da grande quantidade de nuvens entre o sudeste do Amazonas, sudoeste do Pará e leste de Rondônia. No domingo, as chuvas permanecem mais fracas sobre o Pará e Amazonas. Os temporais continuam atingindo o leste e sul de Rondônia. Entre 24 e 28 de janeiro, as chuvas fortes voltam a atingir o Pará, Acre, Amazonas, Rondônia e Tocantins.

Tags:
Fonte:
Somar Meteorologia

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário