Rio Grande decreta emergência em função da estiagem

Publicado em 02/02/2011 06:32 233 exibições
O prefeito de Rio Grande, Fábio Branco, decretou ontem (1) "situação de emergência" na área rural do município em função da estiagem. Conforme a prefeitura, a seca já resulta em perdas de 30% na bacia leiteira, 40% na cultura de cebola, 60% nos hortigranjeiros, 30% a 40% na manutenção do gado de corte (que não engorda) e 20% na soja. Também há prejuízo na fertilidade do gado de cria. Para tomar a decisão, o prefeito levou em consideração os laudos técnicos apresentados pelas secretarias municipais. "A falta de chuvas tem causado inúmeros prejuízos aos agricultores, que amargam pesadas dívidas financeiras". A Defesa Civil do Estado deverá ser comunicada da medida até amanhã.

O vice-prefeito, Adinelson Troca, destaca que a estiagem atinge Rio Grande desde antes de outubro do ano passado e avalia que a chuva, de 27 mm, segunda-feira não amenizou a situação. "Só umedeceu os campos."

Na Defesa Civil Estadual constam 15 municípios com decreto de emergência, além de Jaguarão e Rosário do Sul, que estão com Notificação Preliminar de Desastre (Nopred).

Tags:
Fonte:
Correio do Povo

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário