Chuva deve se distribuir por todo o país nos próximos dias

Publicado em 23/03/2011 09:02 778 exibições
Uma das áreas onde pode chover nesta quarta é o leste da Bahia.
Na terça-feira voltou a chover bastante nas regiões Norte e Centro-Oeste. Em Cláudia, Mato Grosso, o índice atingiu os 70 milímetros. Em Taguatinga, Tocantins, 47. Bons volumes foram registrados também no leste da Bahia. No município de Canavieiras, o acumulado chegou aos 37 milímetros. No Sul e na maior parte do Sudeste, o tempo seco predominou. Nos próximos dias, a chuva volta a se intensificar em Mato Grosso do Sul. Em algumas regiões, o volume pode chegar aos 100 milímetros.

Uma das áreas onde pode chover nesta quarta é o leste da Bahia, onde já tem chovido muito nos últimos dias. Outra região que tem sofrido bastante com o excedente hídrico e que deve ter muita chuva hoje é o Pantanal, tanto em Mato Grosso como em Mato Grosso do Sul. No Norte do país também são esperados grandes volumes. No Sul, deve voltar a chover por causa da aproximação de uma frente fria que agora está no norte da Argentina. Há poucas áreas do Brasil onde o tempo fica seco o dia todo. Tempo nublado na maior parte do Sul do país. À tarde, deve voltar a chover na região. O sol ainda deve predominar no centro-norte do Rio Grande do Sul. Previsão de pancadas de chuva para todo o Sudeste. Podem ocorrer temporais no leste do Espírito Santo e no oeste de São Paulo. Há risco de tempestades também em Goiás, Mato Grosso e no norte de Mato Grosso do Sul. Já no oeste desse estado, o dia fica ensolarado. Quarta-feira chuvosa no Nordeste e a chuva deve ser mais intensa no norte da região e no leste da Bahia. O sol brilha de Sergipe ao leste do Rio Grande do Norte. Chove bastante em quase todo o Norte.

A previsão de chuva para os próximos dias continua valendo. A tendência é que ela se distribua por todo o país. Na quinta-feira, uma frente fria estaciona no extremo sul do país. Com isso, deve chover bastante em boa parte do Rio Grande do Sul. Já na sexta-feira, essa frente começa a se deslocar para o oceano e o tempo volta a abrir. Até o início da próxima semana, os maiores volumes de chuva devem se concentrar nas regiões Norte e Nordeste por causa do calor e da alta umidade.

Até segunda-feira, o volume de chuva deve passar dos 110 milímetros no centro-sul de Roraima, no noroeste do Amazonas e em parte do Pará. Essa mesma quantidade é esperada no Maranhão e no oeste de Pernambuco. O índice pode chegar aos 90 milímetros no leste do Rio Grande do Norte e no Recôncavo Baiano e também no noroeste de Mato Grosso, no oeste de Goiás e no norte de Mato Grosso do Sul. Em São Paulo, no Paraná e no leste do Rio Grande do Sul, o acumulado não passa dos 70 milímetros. O tempo fica mais seco nas áreas claras de Minas Gerais e da Bahia.

Tags:
Fonte:
Globo Rural

0 comentário