Previsão do tempo: Frente fria avança e causa pancadas de chuva no Sul e Sudeste

Publicado em 28/03/2011 08:37 782 exibições
Temporais atingem região Norte e Centro-oeste. No Nordeste, o tempo também é instável.
TERÇA, DIA 29

Sul

A chuva pode passar dos 100mm em Santa Catarina e no Paraná, no Vale do Itajaí (SC) e no leste paranaense, incluindo Curitiba (PR) e o litoral, que tiveram transtornos há algumas semanas. Chove forte também no norte do Rio Grande do Sul. No sul e oeste do Rio Grande do Sul o tempo abre e o dia amanhece com temperaturas mais baixas devido ao avanço de uma massa de ar seco e mais frio.

Sudeste

A frente fria traz chuvas fortes para o sul, leste e região metropolitana de São Paulo. Há alerta para transtornos, alagamentos e deslizamentos de encosta, já que será uma chuva de longa duração. Nas demais regiões de São Paulo, sul de Minas e sul do Rio de Janeiro, as chuvas continuam na forma de pancadas preferencialmente no período da tarde e noite. A temperatura cai no sul e leste de São Paulo, por causa do tempo mais fechado e chuvoso. Já nas demais regiões, segue fazendo calor.

Centro-oeste

Chove forte no sul e também no leste do Mato Grosso do Sul. Temporais localizados atingem o Mato Grosso com chuvas mais fortes sobre o norte e oeste deste Estado. Em Goiás as chuvas ganham força sobre o norte do Estado e sobre o sul seguem as pancadas de chuva isoladas. As temperaturas continuam elevadas mesmo com o aumento das chuvas.

Nordeste

O tempo segue seco sobre o sul da Bahia e chove forte entre o sul do Maranhão e noroeste da Bahia. As chuvas perdem intensidade sobre a costa norte e sobre o litoral leste há poucas condições para chuvas. Faz calor em toda a região.

Norte

Temporais atingem o sul e o leste do Amazonas, o oeste e sul do Pará, Rondônia, Amapá e sul do Tocantins. Somente em Roraima é que o tempo fica mais aberto e as pancadas de chuvas ocorrem de forma mais isolada no período da tarde. As temperaturas diminuem entre o Acre, Rondônia e sul do Amazonas.

Confira a previsão para os próximos dias

Sul

Na quarta, dia 30, ainda há risco de temporais de longa duração no norte catarinense e sobre o Paraná. No Rio Grande do Sul o tempo fica aberto em grande parte do Estado, chove no período da tarde somente na parte norte. A partir da quinta, 31, a chuva perde um pouco de intensidade, porém ainda atingem o norte do Rio Grande do Sul, Santa Catarina e o Paraná. Por causa das chuvas dos dias anteriores, é elevado o risco de transtornos sobre a região, como alagamentos, deslizamentos e até transbordamento de córregos e rios.

Sudeste

Na quarta, dia 30, uma frente fria avança e chove forte em boa parte de São Paulo, com exceção do norte do Estado. Chove também na forma de pancadas sobre o Rio de Janeiro, leste de Minas Gerais e grande parte do Espirito Santo. Até o final de semana as chuvas continuam mais generalizadas sobre São Paulo, mas perdem intensidade com o passar dos dias e pancadas de chuva atingem boa parte do Rio de Janeiro, sul de Minas Gerais e parte sul do Espirito Santo. Temporais voltam a atingir o oeste de Minas Gerais a partir do dia 01 de abril.

Centro-oeste

Na quarta, dia 30, chove em boa parte da região. As chuvas mais fortes ocorrem sobre o leste do Mato Grosso do Sul , interior e norte de Goiás e sobre o oeste e norte do Mato Grosso. As temperaturas diminuem um pouco sobre o oeste de Mato Grosso e sobre o leste do Mato Grosso do Sul. Até o final de semana as chuvas continuam ganhando força principalmente sobre Goiás e Mato Grosso, onde os dias voltam a ficar com tempo mais fechado e temperaturas mais baixas.

Nordeste

Na quarta, dia 30, volta a chover forte na costa norte e continua chovendo forte entre o noroeste da Bahia e o Maranhão. Sobre o interior, sul da Bahia e litoral leste há poucas condições para chuva. Até o final de semana as chuvas mais fortes e generalizadas atingem Maranhão, Piauí, Ceará e Rio Grande do Norte.

Norte

Na quarta, dia 30, chove forte sobre grande parte da região. Em Roraima o calor diminui. Até o final da semana as chuvas perdem um pouco de intensidade no oeste do Amazonas e Acre e os temporais migram mais para o leste da região.

Tags:
Fonte:
Somar Meteorologia

0 comentário