Chuva favorece a recuperação das pastagens no Nordeste

Publicado em 20/05/2011 11:13 274 exibições
Em Feira de Santana, na BA, produtores estão contentes com o cenário. Com água de sobra, os animais estão livres da sede e da fome.
Este ano, as chuvas demoraram a chegar, o que deixou o pecuarista preocupado ao ver o gado com fome e sede.

Atrasada, sim, mas forte. Segundo a estação climatológica da Universidade Estadual de Feira de Santana, só em cinco dias do mês de abril choveu 98 milímetros, o que estava previsto para todo o mês. O resultado é de encher os olhos.

As aguadas estão novamente cheias e com água de sobra, a comida também está garantida. Os animais estão de volta às pastagens, que rebrotaram com força. Até as garças, que andaram sumidas por um bom tempo, agora enfeitam a paisagem, um cenários que deixa os vaqueiros da região animados para o trabalho.

Tags:
Fonte:
Globo Rural

0 comentário