Temporal destrói propriedades rurais no norte de São Paulo

Publicado em 09/06/2011 08:50 333 exibições
Ventos fortes e granizo causaram problemas aos agricultores. O município de Taiaçu foi um dos mais atingidos.
Na fazenda de Natal Garcia, o vento destelhou o curral e fez a plantação de cana tombar. A produção foi perdida bem no tempo de colher.

Vários pássaros morreram. Postes de energia caíram e bloquearam a estrada de terra para Taiuba.

Em um sítio, o eucalipto despencou sobre o barracão onde estavam milho para ração e uma leitoa com filhotes recém-nascidos. Os 16 leitõezinhos tiveram sorte, o telhado só resistiu sobre o canto onde eles estavam mamando.

O barracão de reciclagem ficou revirado. Duas famílias moram ao lado, onde as vigas despencaram e a calha foi arrancada. A piscina voou quase 20 metros e foi parar na cerca viva.

O agricultor João Ferreira planta mandioca e limão. Ele e a esposa cuidam de tudo sozinhos e agora calculam o prejuízo, quase um hectare de lavoura foi perdido.

Os pés de mandioca ainda precisavam de três ou quatro meses para crescer, mas a força do vento e do granizo derrubou tudo. As raízes ficaram expostas.

As folhas dos 600 pés de limão ficaram marcadas pelas pedras de gelo e as frutas já maduras foram parar no chão.

Tags:
Fonte:
Globo Rural

0 comentário